Na última segunda-feira (21), o governo federal apresentou o edital de Soluções de Inteligência Artificial para o Poder Público, que destinará R$36 milhões para apoiar projetos de startups de desenvolvimento de soluções baseadas em IA. Os projetos serão aplicados em desafios tecnológicos de entidades do poder público federal.

Leia mais:

As soluções de IA ajudarão na prestação de serviços públicos

  • O edital foi lançado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep);
  • A iniciativa conta com apoio do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGISP) e da Escola Nacional de Administração Pública (ENAP);
  • O objetivo do edital é que as soluções de IA apresentadas possam ser incorporadas pelas entidades do poder público para melhorar a qualidade da prestação de serviços;
  • Os interessados terão até 28 de setembro para enviar as propostas de projetos a serem financiados.

O edital concederá R$36 milhões em recursos do poder público para as startups e R$16 milhões para o desenvolvimento de soluções de IA conforme os desafios listados no edital. 

Como afirma o MCTI em comunicado, a IA pode: “aperfeiçoar serviços oferecidos ao cidadão, como para acelerar a certificação de produtos oriundos da pesca, para aplicação no despacho aduaneiro, para identificar operações de investimentos e estimar riscos de insolvência dos fundos de pensão e o desenvolvimento de soluções para análise de exames médicos“.

publicidade

No lançamento do edital, Luciana Santos, ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação, ressaltou a importância da transformação digital e seus benefícios para a prestação de serviços.

Nosso papel é promover a interseção entre os desafios do setor público e o desenvolvimento das soluções inovadoras com a perspectiva de modernizar e aperfeiçoar os serviços oferecidos ao cidadão.

Luciana Santos, ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Como informou o MCTI, as Entidades Públicas Participantes (EPPs) do edital serão o Hospital das Clínicas de Porto Alegre (HCPOA), o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), a Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil (RFB) e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc).

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!