A AYRO finalmente recebeu a certificação para circular com o seu minicaminhão elétrico projetado e construído no Texas. Antes de ir para as ruas, os automóveis precisam passar pelo processo de homologação para verificar se estão de acordo com os regulamentos de veículos.

O AYRO Vanish teve que ser homologado de acordo com os padrões LSV (veículos de baixa velocidade) estabelecidos nos Padrões Federais de Segurança de Veículos Motorizados, que é exigido pela Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário dos EUA.

Leia mais:

Estes testes são essenciais para garantir que os veículos cumpram requisitos de segurança rigorosos e cumpram os nossos órgãos governamentais nacionais. Agora que o nosso premiado Vanish passou nestes testes de design, segurança e desempenho, estamos um passo mais perto de entregar veículos aos nossos clientes e concessionários.

Tom Wittenschlaeger, CEO da AYRO

Conheça o AYRO Vanish

minicaminhão ayro
Imagem: AYRO
  • O minicaminhão é um EV multifuncional de design modular, e a versão básica vem com o “chassis de núcleo comum”, se tornando um caminhão-plataforma pequeno;
  • Mas além dessa versão, há várias opções de carregamento que podem ser personalizadas para diversas funções;
  • Entre elas, as versões com plataforma plana podem ser utilizadas para cargas de maior dimensão, ou até mesmo com a porta traseira rebatível e portas laterais para uma caçamba tipo picape — para transportar cargas soltas.

Conforme exigido pelos padrões de segurança LSV, a variante aprovada do Vanish pode ter velocidade máxima de 40 km/h. Mas, ao que tudo indica, outro modelo ainda não aprovado estará disponível com uma velocidade máxima maior — que poderá ser utilizada em terrenos privados, como campos, fábricas e parques industriais, segundo o Electrek.

publicidade

Em maio desse ano, a AYRO iniciou a pré-venda do minicaminhão, através de um depósito de reserva no valor de US$ 250 (R$ 1214 na conversão direta). O valor total do veículo era de US$ 33.900 (R$ 164.638).

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!