A inteligência artificial está com tudo. A tecnologia já faz parte do processo de criação de novos anúncios por grandes empresas (saiba mais clicando aqui). E agora chegou também ao mundo dos esportes. A Amazon Prime Video tem usado e abusado da IA nas transmissões do Thursday Night Football, os jogos da NFL, a liga de futebol americano dos Estados Unidos, nas noites de quinta-feira.

Leia mais

Amazon quer inovar na NFL

  • Esta é a segunda temporada da Amazon como parceira oficial de transmissão do Thursday Night Football.
  • Se no primeiro ano a empresa buscou simplesmente apresentar um bom produto para os fãs do esporte, agora tenta inovar, apresentando o streaming “Prime Vision”, projetado especialmente para os fanáticos por dados, segundo informações da The Verge.
  • De acordo com Sam Schwartzstein, especialista em análise da Amazon para o Thursday Night Football, o principal pedido dos torcedores era que as transmissões envolvessem mais os fãs com a forma como as equipes jogam.
  • “Agora há um feed de destaque gerado automaticamente para cada jogo para que você possa se atualizar e entender as estratégias de cada equipe durante as partidas”, afirmou ele.

IA pode prever jogadas durante a transmissão

  • O recurso “alertas defensivos” é um exemplo.
  • A Amazon usou 35 mil jogadas das últimas temporadas para treinar um modelo de aprendizado de máquina.
  • Com isso, a tecnologia é capaz de prever os movimentos defensivos dos atletas.
  • As previsões são mostradas durante as transmissões, destacando as probabilidades do que pode acontecer no próximo lance.
  • “O que a transmissão está fazendo é dizer que agora você pode assistir à defesa da mesma forma que o quarterback faz”, diz Schwartzstein.

Empresa quer testar outras ideias

  • A transmissão padrão da Amazon dos jogos da NFL segue sem grandes mudanças.
  • Pelo menos por enquanto.
  • “Espero que desenvolvamos alguma tecnologia e recursos dentro do Prime Vision que acabem fazendo sentido para implantar na transmissão principal, mas o principal é apenas servir o fã da melhor maneira possível”, destaca Jared Stacy, diretor de produção de esportes ao vivo da Amazon.
  • A empresa ainda está estudando formas de inserir a sua vasta gamas de produtos durante as transmissões das partidas.
  • “O que podemos fazer com a música? O que podemos fazer com a comida? O que podemos fazer com as compras?”, afirma Stacy.
  • O futebol americano não é o único esporte que a Amazon transmite.
  • A ideia da empresa é desenvolver melhor essas novidades para implementá-las também na Premier League, a liga de futebol da Inglaterra.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!