A BYD, montadora chinesa conhecida por seus veículos elétricos, anunciou nesta segunda-feira (28) que comprou a unidade de fabricação de eletrônicos móveis da Jabil Circuit na China, empresa norte-americana de soluções de produtos. O negócio foi fechado por 15,8 bilhões de yuans (US$ 2,2 bilhões). 

O que você precisa saber: 

  • Embora seja mais conhecida por seu negócio de veículos elétricos, a BYD começou sua trajetória vendendo componentes eletrônicos — ela entrou na indústria automobilística em 2003, quando adquiriu a montadora Qin Chuan; 
  • Hoje, além do negócio de EVs, a BYD possui mais dois braços na empresa: a BYD Auto e a BYD Eletronic (BE) — a primeira mantém a produção de caminhões e ônibus e a outra centraliza os serviços voltados a smartphones e outros dispositivos; 
  • Segundo a Reuters, o acordo expandirá a base de clientes, o portfólio de produtos e o negócio de componentes para smartphones da BYD Electronic, à medida que ela busca capturar o crescimento potencial da Jabil no setor; 
  • A Jabil Circuit trabalha com empresas de saúde, telecomunicações, computação e armazenamento, visando impulsionar a inteligência da cadeia de suprimentos. 

Leia mais! 

O principal negócio da BE tem sido a venda de componentes eletrônicos para produtos de consumo, como smartphones e laptops. Este foi um dos três principais segmentos de negócios da BYD Electronic, respondendo por mais de 70% de sua receita total em 2022. 

publicidade

Ao mesmo tempo que melhora a quota de mercado de produtos da BE, a aquisição irá efetivamente sinergizar com os produtos existentes da BE, melhorar a competitividade global, garantir o desenvolvimento sustentável a longo prazo. 

BYD em comunicado. 

À Jabil, o acordo permitirá “melhorar a nossa estrutura de capital centrada nos acionistas, incluindo recompras incrementais de ações”, além de investir ainda mais em “veículos elétricos, energia renovável, saúde, data centers em nuvem de IA e outros mercados finais”, acrescentou o presidente-executivo da Jabil, Kenny Wilson. 

Para a BYD, acho que é um lembrete de que eles fazem mais do que apenas dominar os veículos elétricos. 

Tu Le, fundador da consultoria Sino Auto Insights. 

Após o anúncio, as ações da BE, que haviam caído até 9% em Hong Kong, reverteram as perdas e fecharam estáveis. As ações listadas de sua controladora BYD também fecharam em alta na China (0,7%). 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!