No dia 3 de setembro, um meteoro cruzou os céus da Costa Leste dos Estados Unidos por volta das 20h30 do horário de Brasília. A bola de fogo pode ser vista principalmente a partir de Maryland e da Pensilvânia, mas testemunhas oculares apontaram ter observado a passagem de Washington DC, Nova York, Nova Jersey e Virginia.

De acordo com informações da página Meteor Watch da NASA, no Facebook o meteoro se tornou visível a cerca de 75 quilômetros acima de Forest Hill, no nordeste do estado de Maryland, a cerca de 60 mil quilômetros por hora quando entrou na atmosfera. 

publicidade

A bola de fogo viajou cerca de 55 quilômetros na atmosfera, deixando um rastro esverdeado, até se desintegrar 35 quilômetros acima de Gnatstown, na Pensilvânia, tendo alcançado um brilho equivalente a um quarto da luminosidade da Lua.

A seta azul mostra a trajetória realizada pelo meteoro após sua entrada na órbita terrestre (Credito: Reprodução/ NASA Meteor Watch)

Leia mais:

publicidade

Relatos do meteorito nas redes sociais

No X, antes conhecido como Twitter, diversos usuários relataram o avistamento do cometa.

“Confira este lindo e brilhante meteoro cruzando o céu em Goshen, Nova JErsey (ao norte de Cap May) na noite passada. Werner Tedesco (visita Myrtle Beach com frequência) estava tirando algumas fotos noturnas com girassóis quando capturou isso. Que incrível Werner!”

publicidade

“Aqui está a filmagem da nossa câmera do meteoro bólido de 03/09/23 às 21h23 de Clarksburg, Maryland olhando para o norte @capitalweather

A partir das imagens, especialistas acreditam que o meteoro provavelmente se tornou um bólido, um rocha espacial extremamente brilhante que explode em um clarão, sendo possível às vezes, até mesmo ver sua fragmentação.

publicidade

Algumas das testemunhas relataram que a passagem foi silenciosa, no entanto outras disseram ter ouvido um estrondo.

A entrada do meteorito na atmosfera sobre a costa leste dos Estados Unidos aconteceu exatamente um dia depois que uma bola de fogo cruzou os céus de Erzurum, Turquia.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!