Os diamantes carregam consigo um grande valor financeiro, mas também científico. E é claro que quanto mais raro, mais riqueza envolvida. É o caso de um diamante azul de 20 quilates. Batizado de Okavango Blue Diamond, ele foi descoberto na mina de Orapa, em Botsuana, na África, e guarda segredos sobre o nosso planeta.

Leia mais

O diamante contém mais boro do que nitrogênio

  • Os cientistas acreditam que este raro diamante tenha sido encontrado a uma profundidade de cerca de 668 quilômetros.
  • O que intriga a ciência é que a esta profundidade não é comum haver muito boro nas pedras.
  • Mesmo assim, o Okavango contém mais boro do que nitrogênio, elemento que é muito mais presente no meio ambiente e que pode ser encontrado de forma abundante na parte da maioria dos diamantes.
  • As informações são da IFLScience.

O que está por trás da coloração azul?

A cor azul do Okavango é um efeito do próprio boro. Segundo os pesquisadores, a colisão entre placas tectônicas foi responsável por essa coloração em um fenômeno conhecido por subducção e que ocorreu há cerca de três bilhões de anos.

Desde o primeiro momento em que vimos o diamante, ficou claro que tínhamos algo muito especial. Todo mundo que viu o diamante polido de 20 quilates ficou maravilhado com sua coloração única, que muitos veem como diferente de qualquer pedra azul que já viram antes. É incrivelmente incomum que uma pedra dessa cor e natureza tenha vindo de Botsuana – um achado único na vida.

Marcus ter Haar, da Okavango Diamond Company
Okavango Blue Diamond (Imagem: divulgação/Okavango Diamond Company)

Como uma pedra bruta, o Okavango pesava 41,11 quilates, mas a partir da lapidação recebeu uma das mais altas classificações de cores polidas.

publicidade

Os diamantes são tipicamente incolores como amálgamas de átomos de carbono, mas as impurezas podem dar-lhes cores diferentes.

Os coloridos são raros, representando cerca de 0,01% das pedras extraídas em todo o planeta. Azul, rosa, verde, violeta, laranja e vermelho são os mais difíceis de serem encontrados. Já amarelo e marrom são um pouco mais comuns.