De acordo com análise do InsideEVs, site especializado do mercado de elétricos, dois dos atuais maiores fabricantes de automóveis totalmente elétricos, Tesla e BYD, venderam um número semelhante de veículos a bateria (BEV) no terceiro trimestre de 2023. Embora a disputa seja interessante para o setor, os resultados indicam que o domínio da montadora de Elon Musk pode, de fato, estar chegando ao fim. 

O que você precisa saber: 

  • No último trimestre, a Tesla vendeu mais uma vez o maior número de carros totalmente elétricos, 435.059 — equivalendo a um crescimento de 27%, considerado lento para a montadora, que teve muitos recalls este ano (embora tenha sido o menor se comparado a 2022); 
  • A lentidão abriu espaço para a BYD — a empresa chinesa reportou 431.603 vendas de veículos elétricos a bateria (BEV), apenas 3.456 a menos que a Tesla; — equivalendo a um crescimento de 67%; 
  • As duas empresas nunca estiveram tão próximas uma da outra, sendo esse um sinal de que o domínio da Tesla no segmento pode estar chegando ao fim; 
  • Segundo análise, a posição da Tesla para o quarto trimestre do ano dependerá se a desaceleração da expansão é temporária ou não. 

Leia mais! 

O levantamento também considerou as vendas da VW, embora ela não alcance o nível das líderes em EVs. A Volkswagen aumentou as vendas de carros totalmente elétricos em 41% ano após ano, para 209.394 unidades — isso é menos da metade dos resultados da Tesla e BYD.   

publicidade

No que diz respeito aos primeiros nove meses do ano, a Tesla vendeu mais de 1,3 milhão de carros totalmente elétricos, enquanto a BYD ultrapassou pouco mais de um milhão. O Grupo Volkswagen representa cerca de metade do volume da BYD, com mais de 500 mil unidades vendidas. 

Para fins de comparação, em 2022 a Tesla entregou mais de 1,3 milhão de carros elétricos (um aumento de 40% ano a ano), a BYD mais de 0,9 milhão (um aumento de 184%) e a Volkswagen mais de 0,57 milhão (um aumento de 26%). 

Elon Musk Tesla
(Imagem: Frederic Legrand – COMEO/ Shutterstock)

Ranking de vendas de elétricos: BYD colada na Tesla 

Vale pontuar que análise concluiu que a BYD não deve alcançar a Tesla este ano, já que a diferença ainda é relativamente alta, mas o marcador de crescimento deve ser relevante para o próximo ano. 

Tesla, BYD e VW: vendas de carros totalmente elétricos de 2023: 

  • Tesla: 1.324.074 (aumento de 46%); 
  • BYD: 1.048.413 (aumento de 80%) ou 79,2% do resultado da Tesla — diferença para Tesla: 275.661; 
  • Grupo Volkswagen: 530.485 (aumento de 45%) ou 40,1% do resultado da Tesla — diferença para Tesla: 793.589.