O Canadá anunciou na noite de segunda-feira (30) que está proibindo o uso do WeChat, aplicativo chinês de mensagens e outros serviços, e Kaspersky, programa russo antivírus, em dispositivos móveis do governo. Segundo o país, decisão ocorre por riscos de privacidade e segurança. 

O que você precisa saber: 

  • De acordo com a Reuters, a proibição foi anunciada após uma avaliação do diretor de informação do Canadá; 
  • Apesar da decisão, informações governamentais não foram comprometidas, com a medida vindo preventivamente; 
  • Conforme o Conselho do Tesouro do Canadá, que supervisiona a administração pública, os aplicativos “apresentam um nível inaceitável de risco à privacidade e segurança”; 
  • Os aplicativos serão removidos imediatamente e usuários não poderão baixá-los no futuro; 
  • A China respondeu à proibição afirmando que não há nenhuma evidência real de risco. A Kaspersky também se pronunciou. 

Leia mais! 

Segundo o Ministério das Relações Exteriores da China, o Canadá baseia a proibição apenas no pretexto de manter a segurança dos dados, o que é uma generalização típica do conceito de segurança nacional. A pasta afirmou ainda que a proibição abusa do poder nacional e suprime injustificadamente o comportamento das empresas em países específicos. 

publicidade

Esperamos que o lado canadense descarte os preconceitos ideológicos, cumpra os princípios da economia de mercado e proporcione um ambiente de negócios justo, equitativo e não discriminatório para as empresas chinesas. 

Porta-voz Wang Wenbin em coletiva de imprensa nesta terça-feira (31). 

Já a Kaspersky disse estar surpresa e decepcionada. Para a empresa, a decisão foi tomada sem aviso ou oportunidade para ela responder às preocupações do governo. 

Como não houve nenhuma evidência ou devido processo para justificar essas ações, elas são altamente sem suporte e são uma resposta ao clima geopolítico, em vez de uma avaliação abrangente da integridade dos produtos e serviços da Kaspersky. 

 Kaspersky em comunicado. 

Canadá também proibiu TikTok 

O Canadá explicou que, embora não tenha evidências de que informações governamentais tenham sido comprometidas, os métodos de coleta dos aplicativos fornecem acesso considerável ao conteúdo de um dispositivo e os riscos de usá-los são “claros”. 

A decisão de remover e bloquear os aplicativos WeChat e Kaspersky foi tomada para garantir que as redes e os dados do governo do Canadá permaneçam seguros e protegidos e estejam alinhados com a abordagem de nossos parceiros internacionais. 

Canadá em comunicado. 

A mesma justificativa amparou a proibição do TikTok, aplicativo também chinês que enfrenta bloqueios em vários estados dos EUA (entenda aqui). O Canadá proibiu o app de vídeos em celulares do governo em fevereiro.