Uma cidade murada da Idade do Bronze foi descoberta recentemente por arqueólogos chineses. O assentamento estava localizado no sopé das montanhas Liupan e contava com uma infraestrutura quase completa, incluindo poços de sacrifício onde foram encontrados dezenas de esqueletos de cavalos.

  • A cidade era conhecido como Yaoheyuan e ficava localizada no noroeste da China;
  • Ela provavelmente foi uma potência política e cultural que se destacou no Período Zhou Ocidental, entre 1.045 a 771 a.C.;
  • Com base nas estruturas desenterradas durante as escavações, acredita-se que o assentamento foi o centro regional do período.

Covas com dezenas de cavalos

Durante as escavações dentro dos muros da cidade foram encontrados um palácio, um fosso, cemitérios, poços de sacrifício, oficinas de cerâmica e uma fundição de bronze, a primeira do período Zhou Ocidental. Devido à abundância de túmulos com ossos humanos desarticulados e cavalos, bois, cabras, ovelhas, galinhas, cães e coelhos enterrados junto, acredita-se que a prática de sacrifícios era comum em Yaoheyuan.

Em meio às várias covas, os arqueólogos encontraram seis túmulos contendo camadas de esqueletos de cavalo empilhados, alguns quebrados em segmentos, indicando que provavelmente foram desmembrados antes de serem enterrados. 

Conforme a pesquisa publicada na revista Antiquity, ao todo foram encontrados esqueletos de 120 cavalos. Segundo os arqueólogos, isso indica não só a riqueza e status da cidade de Yaoheyuan, como a disponibilidade desses animais na região.

publicidade

Os cavalos foram um dos recursos mais importantes no noroeste da China durante o período Zhou Ocidental.

Trecho do estudo

Leia mais:

Outras descobertas

Além da infraestrutura também forma encontrados diversos artefatos, entre eles, pedaços de ossos contendo ideogramas (Crédito: Bowen An)

Além da ampla infraestrutura da cidade, os pesquisadores também desenterraram diversos artefatos, que incluem moldes de cerâmica, objetos de jade e pedra, artigos de laca, vasos de celadon e ossos gravados com ideogramas.

Fora dos muros da cidade, foram descobertos restos de casas, poços de armazenamento, fornos e estradas. Até então, os estudos do período Zhou Ocidental tem se concentrado em Yaoheyuan e suas proximidades, mas os pesquisadores destacam que pretendem seguir as investigações para entender a importância da cidade no período e sua relação com outras partes da China.

Estas descobertas incomparáveis ​​fornecem novas evidências significativas para examinar a paisagem política e cultural do noroeste da China e, de forma mais ampla, para reavaliar as relações entre centros e periferias durante o final da Idade do Bronze chinesa.

Trecho do estudo