O recurso de segurança mais recente do Waze informará ao motorista qual é o histórico de uma determinada rota que está seguindo.

Para isso, o aplicativo de navegação do Google recebeu a integração de alertas que enviarão uma notificação para o celular do condutor caso esteja dirigindo em uma estrada mais propensa a acidentes.

Leia mais:

Como funciona o novo recurso do Waze

Agora, o serviço mostrará um aviso que destaca o histórico ruim de uma estrada ou se uma curva mais perigosa está próxima. Dessa forma, o usuário da via tem mais tempo de ficar atento ou desacelerar o veículo.

publicidade
  • O principal objetivo da nova função é avisar caso o motorista precise guiar com mais cuidado que o normal, especialmente em trechos desconhecidos.
  • O aplicativo decidirá sozinho se irá mostrar a notificação.
  • Para isso, o Waze vai considerar parâmetros como relatos de outros usuários, análise feita por IA (inteligência artificial) e níveis de tráfego no local.
  • Rodovias mais estreitas e elevadas, por exemplo, podem disparar o alerta de proteção.
Imagem: Waze

Segundo o Waze, a função desconsidera rotas usadas com mais frequência, como o caminho do trabalho e para casa, por exemplo.

Vale destacar que o serviço também conta com outros recursos de proteção no trânsito. O aplicativo já envia dados de acidentes em tempo real e recomenda que o motorista siga por uma rota alternativa caso seja necessário.

Waze em crise?

O Google adquiriu o Waze por US$ 1,3 bilhão (R$ 6,46 bilhões) em 2013 e prometeu que deixaria o app funcionar de forma independente. Isso porque a empresa já tem aplicativo com proposta semelhante, o Google Maps.

No entanto, quase dez anos depois, a plataforma de navegação parece estar perdendo sua proposta original, levantando boatos sobre o futuro do serviço.

Saiba mais sobre o caso aqui.