O Google anunciou nesta quarta-feira (8) a chegada da busca com IA generativa ao Brasil. Chamada de Experiência de Pesquisa Generativa (ou Search Generative Experience), a novidade promete reinventar o que o mecanismo pode fazer, diz a empresa.

Por ora, o recurso só pode ser acessado por meio de um novo programa, o Search Labs. Quem quiser experimentar, já pode testar a nova tecnologia em primeira mão. 

Leia mais:

O que muda

  • Os usuários poderão se aprofundar mais sobre um tópico ou descobrir novos conteúdos.
  • Entender um tópico com mais rapidez, descobrir novos pontos de vista e realizar tarefas com mais facilidade, diz o Google. 
  • Entre as principais utilidades da nova experiência estão resumos gerados por IA com uma visão geral sobre o tópico pesquisado.
  • Modo conversa para aprofundar informações durante uma pesquisa.
  • Obter resposta instantânea gerada por IA, com links para diversas fontes na web.
  • Resultados confiáveis com destaque para as fontes das informações. 

Um exemplo apresentado pela empresa foi uma busca pela pergunta: “Como ingressar em um time de futebol feminino?”. 

publicidade

Com a IA generativa, o resultado apresenta sugestões de próximas passos na busca, incluindo perguntas relacionadas. Ao clicar em alguma delas, o modo conversacional permite perguntar mais ao Google sobre o tópico.

Imagem: Google

Ao trazer IA generativa para o nosso sistema de busca, fizemos um grande esforço para desenvolver uma experiência responsável e cuidadosa

Projetamos essas novas experiências para destacar e chamar a atenção para o conteúdo na web, facilitando o acesso a mais links e a uma ampla gama de fontes de informação

Bruno Pôssas, Vice-presidente de Engenharia para a Busca do Google

Como ativar a busca com IA generativa no Google?

Para testar a nova experiência de busca, basta acessar a página do Search Labs no Google Chrome e ativar o recurso.

Imagem: Reprodução

O navegador para desktop recebe a função a partir de hoje. Na próxima semana, o acesso será habilitado gradualmente no Android e iOS por meio do aplicativo de buscas do Google.

Mais informações disponíveis no blog do Google Brasil.