A Apple estreou os seus novos Macs com Apple M3 no fim de 2023. Mas isto não significa que os modelos antigos deixaram de ser interessante: além de serem mais acessíveis, o MacBook Air e o MacBook Pro de 2020, com Apple M1, ainda oferece bom desempenho para quem deseja economizar. A seguir, confira se os computadores ainda valem a pena.

Leia mais:

MacBook Air, Pro e Mac Mini com chip M1 (Imagem: divulgação/Apple)
MacBook Air, Pro e Mac Mini com chip M1 (Imagem: divulgação/Apple)

Tela e design

Tanto o MacBook Air quanto o MacBook Pro têm corpo de alumínio. Outra semelhança gira em torno da tela de 13,3 polegadas, que é retroiluminada por LED e conta com tecnologia IPS. Já a resolução é de 2560 x 1600 com 227 pixels por polegada.

Este conjunto significa que os dois computadores contam com telas de boa qualidade. Dessa forma, é possível utilizá-los tanto para tarefas do dia a dia quanto para realizar edições de imagens e vídeos sem preocupações.

publicidade

Todavia, os modelos têm um visual mais datado, sem o notch para abrigar a webcam. A dupla também fica atrás do MacBook com Apple M3, que possui um painel com brilho mais forte e taxa de atualização de até 120 Hz.

Além disso, os computadores são vendidos com apenas 13,3 polegadas. Atualmente, o MacBook Air e o MacBook Pro contam com duas opções de tela na hora de adquiri-los: 14 polegadas e 16 polegadas. 

Os computadores também são portáteis e pesam até 1,4 kg. 

O MacBook Air está disponível nas cores dourado, prateado e cinza-espacial. Já o MacBook Pro tem apenas duas opções: prateado e cinza-espacial.

Teclado do MacBook
Imagem: Pawarun Chitchirachan – Shutterstock

Desempenho

A dupla representou os primeiros computadores na transição da Intel para a arquitetura ARM. A passagem de bastão foi realizada com o uso do processador Apple M1. O chip é conhecido por oferecer bom desempenho sem consumir muita bateria.

O MacBook Pro é o mais avançado. O computador pode ser adquirido com até 16 GB de memória RAM e até 2 TB de armazenamento. Sua principal diferença se encontra na presença da ventoinha, que ajuda a manter o computador com temperaturas mais baixas e segura o desempenho em usos mais pesados.

O MacBook Air oferece as mesmas opções de memória e espaço. O computador, no entanto, não possui ventoinha em seu interior. Assim, o notebook perde desempenho com o estrangulamento térmico, mecanismo que evita o superaquecimento do computador em usos mais intensos.

No geral, os Macs tendem a oferecer bom desempenho no dia a dia. Porém, caso faça edições mais pesadas de vídeos ou fotos, por exemplo, pode ser mais interessante observar modelos mais novos para evitar possíveis lentidões. O mesmo é dito para processamentos de um grande volume de dados. 

Imagem: thanmano – Shutterstock

Bateria

A bateria é um dos grandes chamarizes dos computadores da Apple. Segundo a Apple, o MacBook Air oferece até 15 horas de navegação em rede sem fio graças à bateria interna de 49,9 watts/hora. Para recarregá-lo, o computador vem com um adaptador de tomada USB-C de 30 watts.

O MacBook Pro promete uma duração maior. O computador garante até 17 horas de navegação em rede sem fio, de acordo com a fabricante, e vem com uma bateria de 58,2 watts/hora. Na caixa, a Apple também embala um carregador de 61 watts, também com conector USB-C.

Como nos modelos anteriores, os dois notebooks são recarregados através da porta USB-C.

Teclado Macbook
blackzheep/Shutterstock

Recursos extras

Os dois notebooks continuam a receber atualizações de sistema em 2023. Isso significa que a dupla permite a instalação do macOS Sonoma, a versão mais recente até o momento. 

O MacBook Pro com Apple M1 também é um dos últimos modelos com a Touch Bar. Trata-se de uma pequena tela sobre o teclado, no lugar das teclas de função (F1, F2, F3, etc). Através dela, os usuários conseguem fazer ajustes de sistema, como controlar o volume, e controlar aplicativos compatíveis.

Imagem: Velour Noire – Shutterstock

Preço

O MacBook Air com Apple M1 começou a ser vendido no Brasil em 2020 com preços a partir de R$ 12.999. Atualmente, o modelo com 8 GB e 256 GB de armazenamento custa cerca de R$ 6.509 na Amazon.

Já o MacBook Pro com Apple M1 chegou ao comércio nacional na mesma época por R$ 17.299. Hoje, o computador é vendido por volta de R$ 8.999 no Mercado Livre.