A HBO Max divulgou a primeira imagem de uma nova série que irá abordar a epidemia de Aids no Brasil. A foto mostra os atores Bruna Linzmeyer, Ícaro Silva e Johnny Massaro caracterizados como seus personagens em Máscaras de Oxigênio (Não) Cairão Automaticamente.

Leia mais

Série baseada em fatos reais

A série é inspirada em fatos reais e acompanha a história de comissários de bordo que, durante a década de 1980, fazem o contrabando do AZT para o Brasil. O medicamento era a única saída para quem fosse diagnosticado com HIV em estágio avançado e ainda não tinha a venda permitida no Brasil pela Anvisa naquela época.

A chegada do doença ao país gerou um verdadeiro terror. Na década de 1980, diante da não realização de testes, sangue de doadores infectados era transfundido em pacientes até então livres do HIV. Segundo dados da época, a transfusão de sangue era responsável por 15% das contaminações no Brasil.

publicidade

O trabalho de pesquisa para a produção da série teve a contribuição da médica infectologista Marcia Rachid, autora do livro “Manual de HIV/Aids”. As gravações já começaram no Rio de Janeiro. As informações são do Omelete.

Máscaras de Oxigênio (Não) Cairão Automaticamente

  • Massaro e Linzmeyer interpretam os comissários de bordo que fazem parte dessa missão, enquanto Silva dá vida a Raul, um homem que trabalha em uma boate que acolhe vítimas da doença e é amigo de Fernando.
  • Com cinco episódios, a série tem direção-geral de Marcelo Gomes (Paloma), e direção dos episódios de Carol Minêm (Todo Dia a Mesma Noite).
  • O roteiro é de Patricia Corso (Samantha!) e Leonardo Moreira (João Sem Deus).
  • Máscaras de Oxigênio (Não) Cairão Automaticamente tem lançamento previsto para 2024, na HBO Max.