A Meta anunciou que desativará um recurso que permitia aos usuários do Facebook conversar com amigos no Instagram. A integração das mensagens entre as duas plataformas, introduzida em 2020, será descontinuada em meados de dezembro de 2023.

Para quem tem pressa:

  • A Meta anunciou que desativará, em dezembro de 2023, a integração que permitia aos usuários do Facebook conversar com amigos no Instagram, uma funcionalidade introduzida em 2020;
  • A empresa não forneceu uma explicação específica para a decisão de encerrar a integração, mas especulações sugerem que a preocupação com implicações regulatórias na União Europeia poderia justificar a desativação;
  • Com a desativação, novas conversas ou chamadas entre usuários do Facebook e Instagram não poderão ser iniciadas pelo Instagram, conversas existentes entre contas do Facebook no Instagram ficarão apenas para leitura e recursos como status de atividade e confirmações de leitura serão removidos.

A empresa não especificou os motivos para essa decisão, mas, segundo especulações do 9to5Google, a possibilidade de evitar implicações regulatórias na União Europeia pode ser uma justificativa.

Leia mais:

Mensagens do Instagram e Facebook

Meta
(Imagem: Koshiro K/Shutterstock)

Iniciada em 2019 e implementada um ano depois, a integração permitia a comunicação entre usuários das duas plataformas, semelhante à comunicação entre contas de email de diferentes provedores, como destacou Loredena Crisan, VP do Messenger, na época.

publicidade

Conforme informado pela Meta, a partir de meados de dezembro, novas conversas ou chamadas com amigos do Facebook não poderão ser iniciadas pelo Instagram. As conversas existentes entre contas do Facebook no Instagram ficarão apenas para leitura.

Além disso, contas do Facebook não terão mais acesso ao status de atividade ou confirmações de leitura no Instagram. E essas conversas não serão transferidas para a caixa de entrada de nenhuma das plataformas.

O Ato para Mercados Digitais da UE, aprovado em 2022, pode ter levado a Meta a reconsiderar a integração de mensagens entre Instagram e Facebook, avaliando o recurso como um risco potencial diante do rigoroso controle regulatório da UE.

Essa legislação visa evitar que detentores de plataformas alcancem um poder de monopólio. Caso uma empresa ultrapasse um certo limite de receita e seja considerada excessivamente dominante pela Comissão Europeia, ela pode enfrentar multas de até 10% do seu faturamento global total do ano anterior.