Você está preocupado com a possibilidade de alguém estar espionando a atividade do seu celular, lendo suas mensagens e monitorando o que você faz online? Alguns dos sinais deixados por aplicativos espiões, por exemplo, são uma queda drástica bateria do smartphone ou aumento disparado do uso de dados móveis.

Neste artigo, explicaremos como identificar apps espiões no seu dispositivo, tanto Android quanto iOS, e como se proteger contra esse tipo de rastreio no futuro.

Leia também:

Como saber se seu celular Android ou iPhone está sendo rastreado

A invasão e clonagem tem sido uma prática recorrente. Por isso é preciso ficar atento ao primeiro sinal estranho que surgir em seu smartphone. (Imagem: Pexels)

São muitos os possíveis espiões com os quais você pode se preocupar. Os mais comuns são hackers, golpistas e outros cibercriminosos, que estão por aí tentando obter suas informações pessoais. Além disso, em alguns casos, você também pode se preocupar com parceiros ciumentos, antigos proprietários do seu telefone e até mesmo seus pais.

publicidade

Então, como saber se alguém está rastreando o seu telefone? A situação é um pouco complicada, mas há alguns sinais de alerta que você pode procurar. O Olhar Digital irá lhe mostrar alguns deles.

1. Problemas de desempenho

O app espião constantemente obtém seus dados, trabalha intensamente em segundo plano e consome os recursos do seu celular. É por isso que os dispositivos geralmente ficam lentos quando um software do tipo é executado em segundo plano. Fique de olho caso o seu telefone esteja apresentando queda repentina de desempenho sem motivo aparente – mas mesmo que esta não seja a razão, é aconselhado entrar em contato com alguma assistência técnica para averiguar este problema de desempenho. 

2. A vida útil da bateria caiu drasticamente 

Bateria do celular via Tyler Lastovich/Unsplash
Bateria do celular via Tyler Lastovich/Unsplash

É normal notar que a bateria de um celular não dura tanto quanto quando foi usado pela primeira vez, isso porque elas começam a se esgotar com o tempo. Mas quedas repentinas na duração da bateria não são tão típicas assim.

Conforme mencionado, um software espião pode consumir muitos recursos já que eles funcionam em segundo plano – às vezes o tempo todo. A queda inesperada na bateria pode significar que alguém está rastreando o seu dispositivo Android ou iPhone, ou pode ser outro problema no seu telefone. Neste caso, é recomendado monitorar os aplicativos que estão usando os recursos do seu telefone. Se você encontrar um aplicativo estranho na lista, deve dar uma olhada nele.

Como verificar quais aplicativos do Android estão consumindo sua bateria:

1. Abra o aplicativo Configurações

2. Toque em “Bateria”, em seguida, toque em “Uso da bateria”

Como verificar quais aplicativos do iPhone estão consumindo a bateria:

1. Abra o aplicativo Ajustes.

2. Toque em “Bateria” e role para baixo até a seção de uso da bateria por aplicativo.

Como administrar a bateria do celular (iPhone)
Como administrar a bateria do celular (iPhone)

Para ambos os casos, uma lista de aplicativos será exibida, cada um com uma porcentagem de uso da bateria. Verifique se há algum aplicativo estranho ou desconhecido. Se você perceber algo que não reconhece, faça uma pesquisa no Google e veja se é possivelmente um aplicativo de espionagem ou rastreamento.

3. Aumento no consumo de dados móveis

Um aplicativo de rastreamento tenta atualizar o espião constantemente. Isso significa que ele precisará de dados – às vezes em grande quantidade. Se você está percebendo um uso incomum dos dados no seu Android ou iPhone, um ataque pode ser a razão pela qual isso está acontecendo.

4. Superaquecimento repentino 

Seu Android ou iPhone está ficando um pouco quente demais? Isso é normal durante sessões de jogos muito longas ou durante o carregamento, e até mesmo em dias de muito calor. Mas atenção, pois isso não deveria acontecer quando o telefone está ocioso, no bolso ou realizando tarefas leves. Se você notar temperaturas incomuns em seu aparelho, ele pode ter sido vítima de espionagem.

5. Mensagens estranhas

Aplicativos de mensagens via Adem AY/Unsplash
Aplicativos de mensagens via Adem AY/Unsplash

Você está recebendo mensagens de texto estranhas? Daquelas com muitas letras e números que parecem ser um código, ou talvez apenas conversas aleatórias de números desconhecidos. 

Hackers costumam usar esse tipo de mensagem para se comunicar com os dispositivos e dar-lhes comandos. Por exemplo, se um invasor precisar de sua localização, ele poderá solicitá-la enviando uma mensagem com um código predeterminado. A dica aqui é não tocar em nenhum link dessas mensagens, pois podem ser phishing (links falsos que podem levar ao download de malware e roubo de dados).

6. Pesquisas estranhas no histórico do navegador

Observe se há alguma pesquisa no histórico do navegador do seu celular. Mais especificamente, tente ver se há algo sobre software de espionagem. Isso porque alguém pode ter usado seu navegador para fazer download de app espião. 

7. O Smartphone está fazendo coisas quando não deveria

Você deve se preocupar se o telefone mostrar sinais de atividade quando você não estiver fazendo nada com ele. Ou seja, se a tela ligar ou o telefone vibrar e não houver nenhuma notificação, isso pode ser um sinal de que alguém está espionando o dispositivo. Pode também ser apenas um bug do celular, então fique atento aos demais sinais. 

8. Problemas ao desligar ou reiniciar

(Imagem: Freepik)

Hackers podem complicar o desligamento ou a reinicialização do telefone, e alguns aplicativos espiões podem até te impedir de fazer essas ações. E já que esses cibercriminosos querem poder rastrear seu telefone e interagir com ele sem problemas, desligar o dispositivo seria uma grande limitação para eles.

Como se proteger

Caso acredite ter um aplicativo espião em seu smartphone, aqui estão algumas coisas que você pode fazer. A prevenção, se você tiver um Android, é evitar aplicativos não oficiais – a Google Play Store faz o possível para mantê-lo seguro, mas é sempre possível baixar aplicativos de outras fontes e arriscar uma invasão. 

A melhor maneira de se proteger de um software espião instalado é tentar localizar manualmente quaisquer arquivos ou aplicativos suspeitos. Você pode usar qualquer gerenciador de arquivos para fazer isso. 

Outra opção é dar uma olhada na lista de aplicativos. Lembre-se da probabilidade de o aplicativo não apresentar nome e o logotipo reais, ele pode estar disfarçado de outra coisa – como um aplicativo de bloco de notas. Ele provavelmente também não está disponível na tela de início, ficando visível apenas pela lista de aplicativos nas configurações. Nestes casos, seria aconselhável remover o aplicativo suspeito.

smartphone celular segurança
(Imagem: Tero Vesalainen/Shutterstock)

Você também pode fazer download de um aplicativo antivírus. Muitos acreditam que esses aplicativos são falsos e, embora isso possa ser verdade, nem sempre é o caso – a verdade é que esses aplicativos podem ajudar a combater a espionagem e o rastreamento.

Por fim, um app espião é difícil de encontrar e também é difícil de limpar. A única maneira de garantir que tudo tenha desaparecido é limpar o telefone e começar tudo de novo. Basta formatar o telefone e ele estará tão novo quanto quando foi ligado pela primeira vez, pelo menos em termos de software. Mas lembre-se de que isso excluirá tudo, portanto, faça um bom backup.