Os avanços na indústria automotiva são constantes, e a segurança dos veículos é uma das áreas que mais recebe atenção. Uma parte fundamental desse processo é o crash test, um teste que simula colisões para avaliar o desempenho dos carros em diferentes situações. Neste artigo, vamos explorar em detalhes como é feito um crash test, por que ele é essencial e, em seguida, destacar os carros brasileiros mais resistentes do mercado.

Leia também:

Vídeo relacionado

O que é um Crash Test?

Um crash test, ou teste de colisão, é um procedimento no qual um veículo é submetido a uma batida controlada, simulando condições reais de um acidente.

O objetivo é avaliar como a estrutura do carro, os sistemas de retenção e outros componentes de segurança respondem a forças extremas. Esses testes são fundamentais para garantir que os veículos atendam aos padrões de segurança exigidos por regulamentações governamentais e para proporcionar aos consumidores informações cruciais sobre o desempenho em caso de acidentes.

publicidade

Como é feito um Crash Test?

  1. Planejamento e design do teste: antes de realizar um crash test, os engenheiros e especialistas em segurança automotiva desenvolvem um plano detalhado do teste. Eles determinam a velocidade, o ângulo e outros parâmetros essenciais para replicar as condições específicas de um tipo particular de acidente.
  2. Preparação do veículo: o veículo a ser testado é equipado com instrumentação especializada, incluindo sensores de impacto, câmeras e outros dispositivos de medição. Esses instrumentos são fundamentais para coletar dados precisos sobre as forças e movimentos durante a colisão.
  3. Execução do teste: o veículo é então posicionado em uma pista de testes especializada, muitas vezes usando um guindaste ou outro mecanismo para garantir a precisão no impacto. O teste é realizado com o auxílio de uma barreira ou outro veículo que simula as condições da colisão.
  4. Análise de dados: após o teste, os dados coletados pelos sensores e câmeras são minuciosamente analisados. Isso inclui a avaliação da integridade estrutural do veículo, a eficácia dos airbags, cintos de segurança e outros sistemas de retenção, bem como a resposta dos dummies, que são manequins especialmente projetados para simular os efeitos de uma colisão em ocupantes humanos.
  5. Relatório e melhorias: com base nos resultados do teste, os engenheiros elaboram relatórios detalhados. Se necessário, ajustes são feitos no design do veículo para melhorar a segurança. Esse processo iterativo é crucial para garantir a constante evolução dos padrões de segurança automotiva.

Crash Test: Carros brasileiros mais resistentes

O Programa de Avaliação de Carros Novos para América Latina e o Caribe, também conhecido como Latin NCAP, informa desde 2010 o nível de segurança dos automóveis vendidos na região da América Latina.

Cada teste usa métodos comprovados internacionalmente e, por fim, gera notas de 0 a 5 estrelas para os carros, que são sempre testados em suas versões mais básicas, em categorias adulto e criança.

publicidade

A lista abaixo conta com os 5 carros mais bem avaliados no programa de crash test, todos com a média de 5 estrelas em ambas as categorias, diferenciando-se apenas pela pontuação média nas demais avaliações realizadas.

5) Volkswagen Jetta

Volkswagen Jetta GLI
Volkswagen/Divulgação

O Jetta foi testado em setembro de 2019 e teve uma excelente performance no crash test, tendo bons resultados nos testes de impacto frontal e lateral, além de acabar acumulando 30,16 pontos na proteção para adultos e 44,98 pontos na proteção para crianças.

publicidade
  • Adulto – 5 estrelas (30,16 de 34 pontos)
  • Criança – 5 estrelas (44,98 de 49 pontos)
  • Frontal – 14,16 de 16 pontos
  • Lateral – 15,00 de 16 pontos

4) Volkswagen Polo

VW Polo
Volkswagen Polo 2023 (Imagem: Divulgação/Volkswagen)

O Polo é outro carro muito bem avaliado após os testes realizados em 2017. Ele é o único hatch a estar no top 5 de carros mais seguros do Brasil. Porém, a Latin NCAP não informou os resultados obtidos nos testes de colisões laterais e frontais.

  • Adulto – 5 estrelas (32,13 de 34 pontos)
  • Criança – 5 estrelas (43,00 de 49 pontos)
  • Frontal – não informado
  • Lateral – não informado

3) Toyota Hilux Cabine Dupla e SW4

SW4, modelo 4x4 da Toyota
Toyota/Divulgação

 A Hilux Cabine Dupla e o SW4, ambos da Toyota empatam na terceira posição com ótimos resultados alcançados nos testes realizados em agosto de 2019. Além disso, alcançaram a pontuação máxima nos testes de colisões laterais.

  • Adulto – 5 estrelas (31,63 de 34 pontos)
  • Criança – 5 estrelas (44,25 de 49 pontos)
  • Frontal – 14,63 de 16 pontos
  • Lateral – 16 de 16 pontos

2) Volkswagen Virtus

(Imagem: VW/Divulgação)

Com seu crash test realizado em janeiro de 2018, mas sendo válido até hoje, o Volkswagen Virtus fica com a medalha de prata dos carros mais seguros do Brasil. Além de ser o sedã mais seguro, segundo os testes, ele atingiu a nota mais alta entre os carros testados na categoria adulto.

  • Adulto – 5 estrelas (32,56 de 34 pontos)
  • Criança – 5 estrelas (43,00 de 49 pontos)
  • Frontal – 15,68 de 16 pontos
  • Lateral – 15,88 de 16 pontos

1) Volkswagen Tiguan

(Foto: Volkswagen/Divulgação)

E no topo do pódio, tido como o carro tecnicamente mais seguro do Brasil segundo os testes realizados, fica a SUV Volkswagen Tiguan, que num geral foi o carro com melhor desempenho a ser testado e publicado pela Latin NCAP.

  • Adulto – 5 estrelas (31,94 de 34 pontos)
  • Criança – 5 estrelas (44,00 de 49 pontos)
  • Frontal – 14,94 de 16 pontos
  • Lateral – 16 de 16 pontos

Os crash tests são uma parte essencial do processo de garantia de segurança na indústria automotiva. Eles fornecem informações críticas aos fabricantes, reguladores e, mais importante, aos consumidores. Ao conhecer como esses testes são conduzidos e quais carros se destacam nos resultados, os motoristas podem tomar decisões informadas sobre a segurança de seus veículos.

Se você está considerando a compra de um carro novo, lembre-se de verificar as classificações de segurança e os resultados de crash tests. Os fabricantes que investem na segurança de seus veículos merecem reconhecimento, e os consumidores podem contribuir para a promoção de padrões mais elevados, escolhendo carros que priorizam a segurança.