A Força Aérea Brasileira (FAB) recebeu, nesta sexta-feira (15), o caça F-39 Gripen, na base área de Anápolis, em Goiás. O modelo já foi testado e declarado apto para voo, e é a sétima aeronave deste tipo a integrar a frota da FAB.

Com mais de 14 metros, o F-39 ultrapassa 2,4 mil km/h e é usado por forças aéreas em todo o mundo.

publicidade

Leia mais:

Novo caça na FAB

Como informou a FAB, o F-39 Gripen saiu do Porto de Norrkoping, na Suécia, a bordo do navio MV Florijngracht. Depois de 20 dias, atracou no porto de Navegantes, em Santa Catarina, na segunda-feria (11) e decolou do Aeroporto de Navegantes para Anápolis (Goiás), que fica a cerca de 55 km de Goiânia (Goiás).

publicidade

Depois de 1h30 de trajeto, o modelo chegou à base da FAB e já foi submetido a testes no solo. O caça foi considerado apto para voo e já integra a frota brasileira, sendo o sétimo Gripen em Anápolis.

F-39 desembarcou no aeroporto de Navegantes, em SC (Imagem: Reprodução/Portonave)

Caça F-39 Gripen

  • O F-39 Gripen é um caça multiuso leve e com apenas um motor fabricado pela empresa aeroespacial sueca Saab;
  • Além do Brasil, o modelo é usado por outros exércitos mundialmente, inclusive a Força Aérea da Suécia;
  • O caça tem 16 metros de comprimento, 4,5 metros de altura e 8,6 metros de envergadura;
  • Ele pode voar acima de 16 mil metros de altitude. A título de comparação, um avião da Embraer, Airbus ou Boeing varia entre 11 e 12 mil metros de altitude;
  • Já no quesito velocidade, o F-39 chega a 2,4 mil km/h. Um avião de cruzeiro fica em média entre 850 e 920 km/h.