Após alguns anos de atraso, o Cybertruck foi finalmente apresentado pela Tesla nos Estados Unidos no fim de novembro. Apesar da montadora de Elon Musk ainda não atuar oficialmente no Brasil, saiba que já é possível garantir uma unidade da picape elétrica “diferentona” por aqui com entrega prevista para o próximo ano.

Leia mais:

Quanto custa importar o Cybertruck para o Brasil?

Quem optou por trazer duas versões do Cybertruck até aqui e já está aceitando pedidos foi a importadora independente Direct Imports. As versões que serão vendidos serão a AWD e a Cyberbeast, ou seja, a versão de intermediária e a mais completa.

“A Direct Imports já está aceitando pedidos da Tesla Cybertruck, a picape 100% elétrica da Tesla com entrega para 2024 nas versões All-Wheel Drive e Cyberbeast”, diz a postagem da empresa nas redes sociais.

publicidade

Os preços anunciados até aqui são R$ 840 mil e R$ 990 mil, respectivamente (valores consideram a cotação do dólar em R$ 5,00 e podem sofrer alteração).

Para efeito de comparação, os mesmos modelos custam a partir de US$ 79.990 e US$ 99.990 no mercado americano, ou R$ 390 mil e cerca de R$ 487 mil em conversão direta e sem adição de impostos.

Como é o Tesla Cybertruck

Com design futurista e carroceria de aço inoxidável “ultraduro”, a primeira picape elétrica lançada pela Tesla possui autonomia estimada de até 550 km por carga e bons números de desempenho.

Segundo a Tesla, o Cybertruck pesa mais de 3 toneladas (3.111 kg) e vem com pneus off-road de 35″. Imagem: Divulgação
  • A versão de entrada da picape com tração traseira possui 400 km de autonomia, 0 a 100 km/h em 6,5 segundos e velocidade máxima de 180 km/h. Essa versão “baratinha”, no entanto, só chega ao mercado em 2025 por US$ 60.990 (cerca de R$ 300 mil).
  • Já a com tração integral (AWD Cybertruck) terá alcance de 550 km, 0 a 100 km/h em 4,1 segundos e a mesma velocidade máxima da anterior.
  • A “Cyberbeast”, topo de linha, pode vir com dois ou três motores elétricos. A configuração trimotor, vai de 0 a 100 km/h em 2,6 segundos e atinge 210 km/h, além de produzir nada menos que 845 cavalos e 1.423 kgfm de torque. A autonomia, porém, cai para cerca de 515 km.

Vale lembrar que a produção em larga escala será um desafio para a empresa, principalmente devido à escolha de usar aço inox no exterior. A Tesla disse que espera começar a produzir 250 mil unidades da picape elétrica anualmente até 2025.