O carro elétrico mais vendidos do Brasil é da BYD. O Dolphin conseguiu conquistou o mercado nacional em questão de meses. Agora, a gigante chinesa espera repetir o feito com o Seagull, próximo lançamento da empresa por aqui.

O modelo virá com nome inspirado no irmão mais velho e será chamado exclusivamente de Dolphin Mini no Brasil. Uma forma de aproveitar a boa aceitação e popularidade do hatch entre os brasileiros.

Leia mais:

Como é o BYD Dolphin Mini

  • O Dolphin Mini (ou Seagull) possui 3,78 metros de comprimento, 1,71 metro de largura, 1,54 metro de altura e 2,5 m de entrei-eixos.
  • O modelo está disponível na China com duas opções de bateria: 30 kWh ou 38 kWh de capacidade.
  • A autonomia estimada por carga, segundo o ciclo chinês, é de 305 km e 405 km, respectivamente.
  • A versão mais completa e com mais bateria deve ser a escolhida para o mercado brasileiro.
  • Com velocidade máxima de 130 km/h, o motor elétrico rende o equivalente a 75 cavalos.
BYD Seagull
No ciclo do Inmetro, a versão com mais bateria deve entregar cerca de 350 km de alcance por carga. Imagem: BYD / Divulgação

Quanto custa?

Vale recordar que o BYD Dolphin chegou ao Brasil custando menos de R$ 150 mil, algo inédito para o mercado nacional de carros elétricos. Bem recebido por aqui, a gigante chinesa indica que o Dolphin Mini virá com preço ainda mais atraente.

publicidade
BYD Seagull
Por dentro, o Dolphin Mini apresenta o mesmo painel e volante do irmão mais, bem com a mesma tela principal giratória de 12,8”. Imagem: BYD / Divulgação

Apesar de nenhuma confirmação oficial, os rumores apontam para algo entre R$ 100 mil e R$ 130 mil. Como comparativo, o compacto elétrico foi lançado na China por 78.800 yuans — praticamente R$ 54 mil na cotação atual sem impostos.

Com lançamento previsto para o início de 2024, o Dolphin Mini será o terceiro veículo da linha Ocean da BYD a chegar ao Brasil por importação. A produção nacional no polo da empresa em Camaçari (BA) também está nos planos da empresa, onde modelos como o Dolphin, Song Plus e Yuan Plus também serão fabricados.