O Opera é um navegador web que está disponível em três versões: o Opera tradicional, o Opera GX e o Opera Mini. Cada opção oferece recursos exclusivos que podem ser úteis para usuários específicos. O Opera GX, por exemplo, traz funções voltadas para gamers, enquanto o Opera Mini busca utilizar o mínimo possível de recursos do dispositivo.

Nas linhas a seguir, o Olhar Digital explica qual a melhor versão do Opera, de acordo as necessidades de cada tipo de pessoa. Vale mencionar que todas as três opções oferecem boa experiência ao navegar na web e respeitam tanto a privacidade quanto a segurança dos usuários.

Leia também:

Navegador Opera
Versão tradicional do Opera (Imagem: Divulgação/Opera)

Opera

O tradicional navegador Opera oferece uma experiência completa à maioria dos usuários. Baseado em Chromium – projeto de código aberto que serve como base para o Chrome, da Google, e o Edge, da Microsoft –, o Opera pode acessar qualquer página da web e utilizar as mesmas extensões disponíveis para o Chrome.

publicidade

Essa versão é indicada para os usuários tradicionais que utilizam o navegador web no dia a dia e precisam de todos os recursos que um software do tipo pode oferecer, incluindo aceleração de hardware, gerenciamento de abas e sincronização com o aplicativo para celulares iPhone (iOS) e Android.

Além das funções tradicionais, vale mencionar que o Opera tem bloqueador de anúncios e serviço de VPN integrados, assim como acesso direto a duas inteligências artificiais – ChatGPT e Aria – e a diversos aplicativos de mensagens e redes sociais, como WhatsApp, Telegram, Instagram e Twitter, por meio da barra lateral.

O Opera pode ser baixado em computadores Windows, Mac, Linux e Chromebook, e conta com versão mobile para smartphones.

Opera GX

GX Corner (Imagem: Divulgação/Opera)
GX Corner (Imagem: Divulgação/Opera)

O Opera GX é um navegador para jogos e conta com funções exclusivas que impedem as páginas da web de interferirem no desempenho dos games. É possível, por exemplo, limitar o uso de processador, memória RAM e Internet, reservando a maioria dos recursos do computador para rodar bem os títulos.

Além disso, o Opera GX conta com integrações de aplicativos que podem ser úteis para gamers, como Discord e Twitch. Os usuários ainda podem customizar temas e acessar diversos mensageiros por meio da barra lateral.

Outra função exclusiva do Opera GX é o GX Corner – uma interface que reúne ofertas de jogos gratuitos, promoções, calendário de lançamentos e notícias sobre o mundo dos games em um só lugar.

Assim com o Opera tradicional, o Opera GX também é baseado em Chromium, tem bloqueador de anúncios, VPN e pode ser usado tanto no computador quanto nos celulares iPhone (iOS) e Android.

Opera Mini

Opera Mini
Opera Mini (Imagem: Divulgação/Opera)

O Opera Mini é uma versão bastante simplificada do navegador que promete economizar até 90% dos dados e carregamento rápido, mesmo em redes lentas. Ele também conta com o bloqueador de anúncios da versão tradicional do Opera.

Disponível apenas para celulares Android, o Opera Mini visa reduzir o consumo de dados, podendo ser útil para usuários que têm pacotes limitados de redes móveis ou utilizam o smartphone em regiões onde o sinal de rede é fraco ou lento.

Com interface simplificada, o Opera Mini utiliza o sistema de Navegação Inteligente para decidir o modo de navegação ideal de forma automática. O software ainda compacta e otimiza conteúdos antes deles chegarem aos usuários, permitindo o carregamento mais rápido das páginas.

No geral, a usabilidade é bastante parecida com o Opera tradicional, mas com recursos limitados e voltados para otimizar o carregamento de páginas. Por isso, ficam de fora funções de VPN, integrações com aplicativos externos e compartilhamento de informações entre desktop e celular.