Na luta para encontrar pessoas desaparecidas no Brasil, um dos coletivos que mais se destaca é o Movimento Mães da Sé, que desde 1996 atua auxiliando famílias na busca ou com informações. E agora, o grupo deverá ganhar na tecnologia uma grande ajuda em sua missão.

Leia mais:

Ajuda vai se materializar por meio de game eletrônico

A ajuda virá através da criação de avatares no game “Starfield“, título digital de aventura e com temática de exploração do espaço. O Movimento Mães da Sé forneceu fotos de pessoas desaparecidas que constam em seu banco de dados e, a partir daí, com a criação do avatar, essas pessoas poderão virar personagens do game.

O projeto é uma realização da DRUID Creative Gaming, uma agência especializada em comunicação e estratégia criativa para o mundo dos games. Para participar da ação, a agência chamou alguns influenciadores digitais que são do mundo gamer.

publicidade

Influenciadores gamers que foram convidados para a ação:

  • Rakin (1,6 milhão de seguidores na Twitch)
  • SMZinho (1 milhão de seguidores na Twitch)
  • Menye B (30 mil seguidores na Twitch)

Os influenciadores receberam orientação da DRUID para divulgar a ação em suas lives, sendo treinados pela agência sobre a história do Movimento Mães da Sé para poderem conversar em seus chats sobre o assunto com seus seguidores.

A ação teve início em dezembro e continua nos primeiros meses de 2024. O intuito é gerar awareness para o Movimento Mães da Sé ao passo que, com mais pessoas seguindo os perfis da Instituição, o banco de dados com as pessoas desaparecidas também ganhe mais acessos.

Dados de desaparecimento no Brasil mostram números elevados

No Brasil, 74.061 pessoas foram registradas como desaparecidas em 2022, segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Ao analisarmos apenas o Estado de São Paulo, são mais de 30 mil pessoas desaparecidas, segundo dados do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).