A Volkswagen reportou aumento de 24,6% nas vendas de 2023 em relação a 2022, ultrapassando os 400 mil modelos vendidos globalmente. O desempenho da divisão de elétricos da marca também surpreendeu e teve como grande impulsionador a kombi elétrica ID. Buzz, que quase quadruplicou em relação ao ano anterior.

Vendas de elétricos

De acordo com o InsideEVs, foram 409,4 mil unidades de modelos da Volkswagen vendidos globalmente em 2023, aumento de 24,6% em relação a 2022. Vale lembrar que, no ano retrasado, a marca teve problemas de abastecimento que interferiram no fornecimento.

Leia mais:

Outro número que chamou a atenção foi o de veículos elétricos: foram 29.300 vendas em 2023, um aumento de 290% em relação a 2022. O número representa 7,2% do total no ano.

publicidade

O quarto trimestre foi um dos que mais se destacou: foram 9,6 mil unidades vendidas durante os três meses finais, aumento de 66% em relação ao mesmo período em 2022. A porcentagem é 8,8% do volume total das vendas da empresa.

Imagem: Divulgação/Volkswagen

Kombi elétrica ID. Buzz

  • Grande parte da porcentagem de elétricos vendidos no período foi graças ao Volkswagen ID. Buzz. A van teve 28,6 mil unidades vendidas, aumento de 377% em relação a 2022;
  • A kombi elétrica é produzida na Alemanha e foi lançada na Europa em duas versões: a Pro, para passageiros, e a Cargo, que funciona como van de carga. Ambas vêm com bateria 82 kWh;
  • Em 2024, a ID. Buzz ganhará novas versões na Europa: uma 4×4 chamada GTX e uma de longa distância entre eixos (LWB), com bateria de 91 kWh. Além disso, a marca lançará na região outra van híbrida plug-in com tração integral e maior autonomia elétrica;
  • Os resultados não incluem os Estados Unidos, onde a van deve chegar em breve na versão LWB.