A Apple retomou a venda de modelos do Apple Watch das linhas Series 9 e Ultra 2 nesta quinta-feira (18). No entanto, a empresa precisou tirar a funcionalidade de medir oxigenação no sangue – centro da disputa de patente com a empresa de tecnologia médica Masimo – dos relógios.

Para quem tem pressa:

  • A Apple retomou as vendas dos modelos Apple Watch Series 9 e Ultra 2, mas teve que desativar a funcionalidade de medição de oxigênio no sangue devido a uma disputa de patente com a empresa de tecnologia médica Masimo;
  • A mudança implementada pela Apple não remove completamente o recurso dos relógios, mas ao tentar acessá-lo, os usuários são informados de que o serviço “não está mais disponível” e são direcionados para informações adicionais no aplicativo Saúde da Apple;
  • A disputa legal entre a Apple e a Masimo começou em janeiro de 2020, quando a Masimo acusou a Apple de violação de patentes e apropriação indevida de segredos comerciais relacionados ao sensor de oxigenação no sangue nos modelos recentes do Apple Watch;
  • A Comissão de Comércio Internacional (ITC) dos EUA constatou em outubro de 2023 que a Apple havia infringido patentes da Masimo, levando a várias batalhas legais. A funcionalidade de medição de oxigênio no sangue foi um destaque nos modelos Apple Watch desde o Series 6, lançado em 2020, e sua desativação representa um revés para a Apple.
  • A Apple argumenta que a estratégia legal da Masimo é parcialmente direcionada a abrir espaço no mercado de wearables para seu próprio relógio de rastreamento de saúde, que também possui um recurso de medição de oxigênio no sangue. A Masimo, por sua vez, não comentou sobre o assunto, enquanto a disputa legal continua a impactar as funcionalidades do Apple Watch.

A solução escolhida pela empresa não remove completamente o recurso dos modelos de Apple Watch afetados – seu ícone de aplicativo vermelho, branco e azul permanece onde sempre esteve. Mas quando os usuários tentam abrir o aplicativo, o smartwatch avisa que o serviço “não está mais disponível” e os encaminha para uma página com mais informações no aplicativo Saúde da Apple.

Leia mais:

Disputa em cima do Apple Watch: entenda o caso

Mulher mexendo em Apple Watch após fazer exercício
(Imagem: blackzheep/Shutterstock)

A mudança vem em resposta a uma decisão do Tribunal de Apelações dos EUA para o Circuito Federal, determinada na quarta-feira (17), conforme publicado pelo jornal Washington Post. A decisão trazia que uma proibição da importação e venda do Apple Watch entraria em vigor novamente nesta semana.

publicidade

Antes disso, a proibição havia sido temporariamente adiada, enquanto a empresa apelava formalmente contra uma decisão da Comissão de Comércio Internacional (ITC) dos EUA. A decisão constatou, em outubro de 2023, que a Apple tinha infringido patentes da Masimo no Apple Watch.

No cerne da disputa está um sensor em modelos recentes do Apple Watch que monitora e exibe a saturação de oxigênio no sangue do usuário. Em janeiro de 2020, a Masimo processou a Apple, alegando, entre outros pontos, apropriação indevida de segredos comerciais e violação de patentes. Isso provocou uma série de batalhas legais que levaram à decisão da ITC em outubro.

Sensor de oxigenação no sangue

Pessoa medindo oxigenação do sangue por meio de um Apple Watch
(Imagem: Apple)

O recurso da Apple de medição de oxigênio no sangue apareceu pela primeira vez no Watch Series 6 da empresa em 2020 e continuou a ser apresentado em modelos subsequentes. Inclusive, a empresa informou que versões anteriores do Apple Watch com essa funcionalidade não seriam afetadas pela disputa.

A desativação do recurso tem um custo. É um golpe na insistência da Apple de que seu relógio pode funcionar como uma ferramenta abrangente voltada à saúde. Desde a estreia da medição de oxigênio no sangue, o Apple Watch apareceu em anúncios que promoviam o wearable como janela para bem-estar.

A Apple alega que a estratégia legal da Masimo mira, pelo menos parcialmente, em criar espaço no mercado de wearables para seu próprio relógio de rastreamento de saúde, com recurso de medição de oxigênio no sangue. A Masimo não comentou sobre o assunto.