O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) divulgou uma lista com os carros que apresentaram o consumo de combustível mais econômico em 2024 no Brasil. O ranking do PBEV (Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular) traz as médias de 813 modelos e versões de carros de passeio e comerciais leves hoje disponíveis no mercado, produzidos por 36 marcas diferentes.

Leia mais

A lista inclui desde lançamentos recentes até veículos do ano passado e que não tiveram mudanças desde então. O ranking considera a versão mais eficiente de cada modelo zero-quilômetro e coloca na mesma colocação veículos com média de consumo geral idêntica.

O PBE mede o consumo energético em MJ/km (megajoules por quilômetro) e também em km/l dos modelos. Ou seja, avalia o gasto necessário de energia para determinado automóvel se locomover.

publicidade

Quanto menor for o gasto a cada quilômetro rodado, mais eficiente será determinado automóvel. A medição segue teste padronizado de consumo, em condições controladas, atribuindo nota que vai de “A”, para os modelos mais eficientes, até “E”, para os menos eficientes.

Vale destacar que os modelos Toyota Corolla e Corolla Cross, os primeiros colocados na lista, têm menor consumo na cidade devido à propulsão híbrida, que utiliza mais o auxílio do motor elétrico no ciclo urbano, poupando mais combustível, do que no ciclo rodoviário. As informações são do UOL.

Toyota Corolla 2024
O Toyota Corolla é o carro mais econômico do Brasil (Imagem: Divulgação/Toyota)

Os 10 carros flex mais econômicos

  • Toyota Corolla: motor 1.8 com sistema híbrido flex e câmbio CVT; consumo energético: 1,21 MJ/km; consumo cidade: 12,8 km/l (etanol) e 18,5 km/l (gasolina); consumo estrada: 11,1 km/l (etanol) e 15,7 km/l (gasolina); Nota: B
  • Toyota Corolla Cross: motor 1.8 com sistema híbrido flex e câmbio CVT; consumo energético: 1,31 MJ/km; consumo cidade: 11,8 km/l (etanol) e 17,8 km/l (gasolina); consumo estrada: 9,7 km/l (etanol) e 14,7 km/l (gasolina); Nota: B
  • Renault Kwid: motor 1.0 flex e câmbio manual de 5 marchas; consumo energético: 1,36 MJ/km; consumo cidade: 10,8 km/l (etanol) e 15,3 km/l (gasolina); consumo estrada: 11 km/l (etanol) e 15,7 km/l (gasolina); Nota: B
  • Chevrolet Onix Plus: motor 1.0 flex e câmbio manual de 6 marchas; consumo energético: 1,42 MJ/km; consumo cidade: 9,3 km/l (etanol) e 13,5 km/l (gasolina); consumo estrada: 12 km/l (etanol) e 17,4 km/l (gasolina); Nota: B
  • Volkswagen Polo: motor 1.0 turbo flex e câmbio manual de 5 marchas; consumo energético: 1,45 MJ/km; consumo cidade: 9,5 km/l (etanol) e 13,7 km/l (gasolina); consumo estrada: 11,3 km/l (etanol) e 16,1 km/l (gasolina); Nota: B
  • Chevrolet Onix: motor 1.0 flex e câmbio manual de 6 marchas; consumo energético: 1,46 MJ/km; consumo cidade: 9,3 km/l (etanol) e 13,3 km/l (gasolina); consumo estrada: 11,4 km/l (etanol) e 16,5 km/l (gasolina); Nota: B
  • Fiat Cronos: motor 1.0 flex e câmbio manual de 5 marchas; consumo energético: 1,47 MJ/km; consumo cidade: 9,8 km/l (etanol) e 13,4 km/l (gasolina); consumo estrada: 11 km/l (etanol) e 15,6 km/l (gasolina); Nota: B
  • Peugeot 208: motor 1.0 flex e câmbio manual de 5 marchas; consumo energético: 1,47 MJ/km; consumo cidade: 9,6 km/l (etanol) e 13,3 km/l (gasolina); consumo estrada: 11,1 km/l (etanol) e 15,8 km/l (gasolina); Nota: B
  • Fiat Mobi: motor 1.0 flex e câmbio manual de 5 marchas; consumo energético: 1,50 MJ/km; consumo cidade: 9,6 km/l (etanol) e 13,5 km/l (gasolina); consumo estrada: 10,4 km/l (etanol) e 15 km/l (gasolina); Nota: B
  • Hyundai HB20: motor 1.0 flex e câmbio manual de 5 marchas; consumo energético – 1,51 MJ/km; consumo cidade: 9,6 km/l (etanol) e 13,5 km/l (gasolina); consumo estrada: 10,4 km/l (etanol) e 14,6 km/l (gasolina); Nota: B.