No final de janeiro deste ano, uma rocha espacial caiu a aproximadamente 100 quilômetros de Berlim, capital da Alemanha. Com mais ou menos o tamanho de uma máquina de lavar roupas, o asteroide 2024 BX1 atingiu a Terra (este é apenas o oitavo asteroide detectado antes de atingir o planeta em toda a história). Pesquisadores analisaram os materiais remanescentes e descobriram meteoritos extremamente raros.

Leia mais

Aubritos foram identificados

  • A análise sugere que se trata de um aubrito.
  • Existem apenas 87 amostras conhecidas desse tipo de rocha espacial.
  • Os aubritos são muito diferentes de outros meteoritos, começando pela cor tipicamente mais clara.
  • As informações são da IFLScience.

Meteoritos são extremamente raros e pouco conhecidos

No total, a equipe de pesquisadores encontrou 20 amostras de meteoritos e as análises ainda estão em andamento.

Os aubritos se parecem mais com um granito acinzentado e consistem principalmente dos silicatos de magnésio enstatita e forsterita. Eles quase não contêm ferro e são extremamente difíceis de se detectar.

publicidade

Essas estruturas peculiares dos aubritos sugerem que eles fizeram parte de asteroides do tipo E no Cinturão de Asteroides interno do Sistema Solar. Outra possibilidade é que eles sejam fragmentos do 3103 Eger, também um asteroide do tipo E, mas que fica muito mais perto da Terra. Por fim, estes podem ser pedaços de outro planeta (no caso Mercúrio).

As amostras foram submetidas ao Comitê de Nomenclatura da Sociedade de Meteorologia no dia 2 de fevereiro para exame e confirmação. Os cientistas agora trabalham para tentar entender um pouco mais sobre essas rochas, o que também possibilitaria aumentar o nosso entendimento do espaço como um todo.