Uma notificação da sua rede social favorita chega em seu celular. Quando você abre, percebe que não é uma curtida ou compartilhamento a uma publicação sua, muito menos uma mensagem de um amigo. Na verdade, é um alerta de que um amigo publicou ou curtiu algo. O problema é que você não se lembra de ter ativado esse tipo de notificação – e nem entende o porquê ele é relevante para você.

Esses casos estão se tornando cada vez mais comuns. Facebook, Instagram e X (antigo Twitter) são algumas das plataformas que recorrem a notificações genéricas e com caráter de urgência para estimular usuários com pouco histórico de atividade a entrar nos apps e possivelmente engajar nos conteúdos.

Leia mais:

Notificações são uma estratégia das redes sociais

Como reportou o Wall Street Journal, as empresas estão aderindo a esse novo tipo de notificação porque as pessoas estão publicando e interagindo menos nas redes sociais.

publicidade

Segundo dados da empresa de análise de aplicativos Measure Protocol, desde julho do ano passado os alertas aumentaram em quase todos os apps de mídia social. O Instagram é o que mais aumentou: os usuários passaram a receber 12 notificações a mais em janeiro deste ano em comparação com julho de 2023. X/Twitter, Facebook e Snapchat também aderiram à estratégia.

X Twitter
(Imagem: Camilo Concha/Shutterstock)

Como os usuários vão reagir

Profissionais de marketing, psicólogos e acadêmicos preveem que essas novas notificações levarão a uma maior interação entre os usuários. Do lado contrário, as plataformas assumem um risco: quando os alertas começarem a ser indesejados, podem criar uma má vontade e levá-los até a desinstalar os apps.

Neal Schaffer, fundador da consultoria de marketing digital PDCA Social, ao jornal, diz que essa estratégia acontece porque as empresas estão tratando as notificações como um feed de notícias, promovendo conteúdo algorítmico.

Para Jay Baer, ​​fundador da consultoria de marketing digital Convince and Convert, a estratégia funciona porque, mesmo que um usuário não seja tão ativo em uma rede social, a notificação “sussurra sutilmente para você” abrir o app.

instagram
Notificações continuarão aparecendo a menso que usuários desativem manualmente (Imagem: Nopparat Khokthong/Shutterstock)

O que os usuários podem fazer com as notificações

  • A saída mais simples é desinstalar os aplicativos, mas as plataformas contam que o usuário não fará isso. Porta-vozes do LinkedIn, Snap e Meta (controladora do Instagram e do Facebook) dizem que é possível criar experiências personalizáveis e ajustar os alertas;
  • Se você não quiser desligar todas as notificações de uma rede social diretamente pelas configurações do aparelho, é possível entrar nas configurações de cada aplicativo e desligá-las de forma manual;
  • Os dois aplicativos da Meta têm opções personalizáveis dentro da aba “Notificações”. É possível desativar “atualizações de amigos” no Facebook e vídeos ao vivo ou “primeiras postagens e stories” no Instagram;
  • A mesma coisa vale para outras redes sociais, como X/Twitter, Snapchat e LinkedIn, cada uma com suas opções de notificações personalizáveis (que continuarão chamando atenção a menos que você as desligue manualmente).