Fontes renováveis estão surgindo como alternativas à geração de energia, mas as hidrelétricas ainda são as principais responsáveis pela produção atual no Brasil. O Balanço Energético de 2023, realizado pela Empresa de Pesquisa Energética, mostrou que cerca de 62% da energia elétrica vem desse tipo de geração.

Leia mais:

Hidrelétricas

Como explica o professor Fernando de Lima Caneppele, da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP, ao Jornal da USP, as hidrelétricas geram energia a partir da força da água. As instalações usam a energia cinética do fluxo das correntes de rios para movimentar uma turbina, que, por sua vez, a transforma em energia elétrica.

Atualmente, as usinas hidrelétricas são consideradas as fontes mais limpas e seguras de produzir energia. Elas emitem baixa quantidade de poluentes e, como a água não se esgota, são uma fonte renovável.

publicidade
(Foto: Agência Internacional de Energia/Captura de tela)

Energia elétrica no Brasil

62% da produção de energia elétrica no Brasil depende das hidrelétricas.

  • De acordo com a Agência Internacional de Energia, os países que mais utilizam esse tipo de geração são Brasil, China, Canadá, Rússia e Estados Unidos.
  • Em 2022, a energia elétrica advinda das hidrelétricas representou 362.818 GWh de energia gerada.
  • O segundo lugar foi da energia eólica, que gerou 81.631 GWh.
  • As duas foram seguidas de biocombustíveis (55.033 GWh), gás natural (41.110 GWh), energia solar (301.26 GWh), nuclear (14.559 GWh), carvão (14.233 GWh) e óleos (10.104 GWh).