Uma tese de doutorado da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) dá mais detalhes sobre como acontece a disseminação de desinformação relacionada ao terraplanismo e como essas teorias convencem as pessoas a acreditarem. Uma das defesas é que através das recomendações das redes sociais a teoria da “Terra plana” se espalha e entra no imaginário popular.

Leia mais:

Terraplanismo

O terraplanismo é uma teoria da conspiração que afirma que a Terra não é redonda, mas sim plana. Isso implica que o nosso planeta é orbitado pelo Sol e pela Lua, e circundada pelo Círculo Ártico.

Segundo o professor substituto de Antropologia da Universidade Federal do Ceará (UFC), Jorge Garcia de Holanda, responsável pela tese de doutorado do estudo, tudo começou em 2015. Ao g1, ele explicou que teorias sobre uma “Terra plana” já existiam antes disso, mas não tinham a mesma força.

publicidade

Foi a partir de um vídeo viral norte-americano que o assunto se espalhou. Holanda afirma que a disseminação dos conteúdos acontece por aqui entre 2015 e 2022, viabilizada pelas redes sociais.

(Imagem: Pexels)

Como as redes contribuem para a “Terra plana”

  • A tese de doutorado concluiu que as plataformas digitais recomendam os conteúdos de terraplanismo através de seu sistema e, assim, contribuem com a formação do público que acredita nisso;
  • Para Holanda, um único vídeo não é capaz de convencer uma pessoa a acreditar na “Terra Plana”, mas vários, sim;
  • Ainda, os conteúdos querem modificar a percepção de mundo de quem assiste. Eles se colocam como pessoas que estão a frente de um mundo de mentiras e incompreensão;
  • Cria-se uma rede e, assim, uma experiência aprofundada faz com que os indivíduos criem laços com a teoria.

A Terra é plana?

Vale lembrar que, apesar do que as teorias da conspiração dizem, a Terra não é plana. Inclusive, para além de observações espaciais que provaram sua curvatura, medições da circunferência terrestres já derrubaram qualquer hipótese de terraplanismo há muito tempo.

O Olhar Digital escreveu sobre esse tópico aqui.