A Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (FENAUTO) divulgou seu relatório referente aos veículos usados e seminovos vendidos durante o mês de janeiro deste ano. De acordo com a entidade, foram 1.201.177 unidades comercializadas no mês.

Entenda:

  • A Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (FENAUTO) divulgou um relatório referente à venda de veículos usados e seminovos em janeiro deste ano;
  • Ao todo, foram 1.201.177 unidades vendidas no mês – crescimento de 13,1% em relação a janeiro de 2023;
  • Quando comparadas a dezembro, porém, as vendas indicam uma queda de 13,2%, que pode ser justificada por gastos como IPVA, IPTU e matrículas escolares nos primeiros meses do ano;
  • Veículos com 13 anos ou mais de uso foram os mais buscados pelos consumidores, com 408.734 unidades vendidas em janeiro.

Os resultados indicam um crescimento de 13,1% em relação a janeiro de 2023. Quando comparadas a dezembro, porém, as vendas mostram uma queda de 13,2%. O estudo também aponta que os veículos com 13 anos ou mais de uso são os mais buscados pelos consumidores, com 408.734 unidades vendidas no mês. Carros de 4 a 8 anos ficaram em segundo lugar, com 314.992 vendas.

Leia mais:

publicidade

Expectativas para o comércio de veículos usados em 2024

carros venda
(Imagem: alexfan32 / Shutterstock)

Enilson Sales, presidente da FENAUTO, explica que a queda registrada na virada do ano já era esperada: “Além das vendas serem melhores nos últimos meses, por conta da injeção do 13º salário, por exemplo, nos dois primeiros meses do novo ano o consumidor já se depara com gastos com o IPTU, IPVA, matrículas escolares e reajustes que acabam impactando as vendas do varejo.”

Entretanto, considerando as mais de 1,2 milhão de unidades vendidas em janeiro, Enilson afirma que a expectativa para o comércio de usados e seminovos no restante de 2024 é otimista.