Em 2022, a startup californiana Chimera BMX resolveu desenvolver uma bicicleta elétrica estilo BMX que unisse as vantagens das bicicletas comuns à velocidade dos modelos eletrificados. A ideia era criar um modelo que não fosse pesado, mas que entregasse aceleração quando necessário.

Foi assim que surgiu a Shadow Chimera, através de um financiamento coletivo no Indiegogo. Agora, a empresa resolveu avançar no projeto e lançou uma versão mais acessível e com estrutura de aço mais durável.

Leia mais:

Nova bicicleta elétrica BMX

A versão de 2022 da bicicleta elétrica não tinha assistência de pedal. Para melhorar a aerodinâmica e leveza, a nova versão tem um quadro de titânio e guidão de aço com tratamento térmico, o que entrega mais durabilidade e ajuda a reduzir o preço final.

publicidade

Segundo Austin Duggan, fundador da startup, o novo modelo preenche uma lacuna no mercado, algo como um meio-termo entre bicicletas e motos.

Existem muitas bicicletas elétricas legais por aí, mas as de alta potência não são realmente bicicletas. Elas são muito volumosas, pesadas e sobrecarregadas de fiação. Eu queria uma bicicleta elegante e simples que pudesse jogar no meu hatchback, subir facilmente as escadas do meu apartamento e colocá-la na garagem, assim como minhas outras bicicletas de BMX.

Ao mesmo tempo, eu queria que ela fosse poderosa e durável o suficiente para atravessar o tráfego denso, subir colinas íngremes ou sair de rampas, como uma pequena motocicleta. Foi isso que criamos.

Austin Duggan, fundador da Chimera BMX
Shadow Chimera (Foto: Chimera BMX/Reprodução)

Especificação da e-bike:

  • Além da estrutura de aço e titânio mais durável, a nova versão funciona com um motor elétrico e uma transmissão independentes ligados por uma correira. O resultado são 3.800 W de potência de aceleração “silenciosa e instantânea”;
  • Há opção de adquirir a bicicleta elétrica em duas variantes de bateria removível
  • A primeira, Commuter, tem uma bateria de 36 V/15Ah, podendo chegar a 42 km/h e com um alcance de 64 km. A potência máxima é de 3 mil W;
  • Já a segunda opção mais off-road é a Competitor, com bateria de 52 V/8,4 Ah, podendo chegar a 48 km/h em 5 segundos e com uma velocidade máxima de 56 km/h.
A e-bike BMX vem com aros de 24 polegadas, freios hidráulicos e pesa 20,4 kg. (Foto: Chimera BMX/Reprodução)

Preço e disponibilidade

A versão de 2022 arrecadou mais de US$ 110 mil na plataforma de financiamento coletivo e teve uma tiragem limitada feita à mão entregue aos apoiadores no final do ano passado.

A nova versão também será limitada a 100 unidades também montadas manualmente. O modelo estará disponível para pré-encomenda no site da marca a partir de 13 de fevereiro.

O preço de entrada é US$ 2.890, cerca de R$ 14.360 na cotação atual, com entregas previstas para agosto deste ano.