A Uber anunciou nesta quarta-feira (21) que expandirá seu serviço de entrega autônoma de comida para o Japão, no que seria seu primeiro esforço em entregas robóticas fora dos EUA. Segundo Shintaro Nakagawa, CEO do Uber Eats no país, opção resolverá o problema de escassez de mão de obra local, ao mesmo tempo que complementará os métodos de entrega existentes, como o de bicicleta e motocicleta. 

O que você precisa saber: 

  • A entrega autônoma de alimentos da Uber Eats consiste em um robô entregando pedidos realizados no app; 
  • Até agora, o serviço era oferecido apenas em Miami e Virgínia, nos EUA; 
  • O avanço nas entregas faz parte de uma parceria da Uber com a Cartken, startup do Google, e Mitsubishi Electric; 
  • Uma frota dos chamados robôs Model C de entrega funcionará em Tóquio; 
  • O serviço deve ser disponibilizado no país a partir de março. 

Leia mais! 

O robô do Uber Eats 

Chamados de Model C, o robô de entrega de comida da Uber possui seis rodas e seis câmeras, as quais ele usa para identificar o trajeto. Vale pontuar que, segundo a empresa, por uma questão de privacidade, os rostos das pessoas são automaticamente mascarados nas imagens capturadas pelos robôs. 

publicidade

O androide possui também um modelo avançado de IA para direção autônoma e tem ainda detecção de obstáculos e um modo de controle remoto, que pode ser utilizado quando necessário.  

Com orientação da Mitsubishi, o robô foi modificado para atender às necessidades locais do Japão, assim, a versão do país terá velocidade limitada a 5,4 km/h, conforme regulamentação local — bem mais lento do que a velocidade máxima de 10 km/h que ele realmente possui.  

Imagem: divulgação/Uber Eats

De acordo com informações do Engadget, a capacidade de carga também foi reduzida de 46 cm para cerca de 29 cm, provavelmente devido ao isolamento térmico extra no compartimento.  

Japão já convive com entregas por robôs 

Embora essa seja a estreia do Model C da Uber no Japão, a Cartken já atua no país há um tempo, graças a outro acordo com a Mitsubishi. Desde o início de 2022, a dupla trabalha com a Starbucks, a Rakuten e a rede de supermercados Seiyu — o que significa que a Uber não terá problemas em firmar parcerias com restaurantes, dada a experiência local. 

Nos EUA, a Cartken também tem uma parceria com a Grubhub para fornecer serviço autônomo de entrega de alimentos em campi universitários, incluindo a Universidade Estadual de Ohio e a Universidade do Arizona.