Os créditos iniciais de um filme podem ser muito mais do que simples listas de nomes e títulos. Muitas vezes, eles estabelecem o tom, a atmosfera e até mesmo a narrativa que está por vir, tornando-se uma parte essencial da experiência cinematográfica.

Além dos exemplos de extrema criatividade, alguns filmes exibem créditos iniciais que se destacam artisticamente por si só, transcendendo a obra devido ao seu cuidado experimental. Inspirado nisso, listamos os 10 melhores créditos iniciais do cinema.

Superman II – A Aventura Continua

  • Disponível para alugar e comprar no Amazon Prime Video e Google Play.
Superman II (1980) / Credito: Warner Bros. (divulgação)

A sequência de “Superman: O Filme” (1978) apresenta uma abordagem extremamente engenhosa em seus créditos iniciais. Em “Superman II – A Aventura Continua”, há um breve resumo dos principais acontecimentos do filme anterior. 

A continuação resgata trechos de cenas do longa anterior, mesclando-os aos créditos enquanto as letras aparecem no espaço. 

publicidade

Além de recapitular e gerar expectativa, os créditos também são bem-sucedidos em criar algo artisticamente estimulante antes do filme começar.

Leia mais:

Cães de Aluguel (1992)

  • Disponível gratuitamente no NetMovies.
  • Disponível para assinantes do Telecine e Looke.
Reservoir Dogs (1992) / Credito: Miramax Films (divulgação)

Quentin Tarantino fez sua estreia em grande estilo com “Cães de Aluguel”. A cena inicial dos créditos já estabelece a atmosfera “cool” do filme.

Nela, vemos os personagens principais vestidos de terno e gravata, caminhando em câmera lenta por um estacionamento, enquanto a música “Little Green Bag” do grupo The George Baker Selection toca ao fundo. 

A Pantera Cor-de-rosa (1963)

  • Disponível para assinantes do
The Pink Panther (1963) / Credito: United Artists (divulgação)

A sequência de créditos deste filme é tão icônica e bem-sucedida que gerou uma nova franquia que, possivelmente, se tornou mais famosa que o próprio filme. 

Esta comédia, dirigida por Blake Edwards e estrelada por David Niven e Peter Sellers, apresenta uma animação nos créditos de abertura estrelada por uma pantera rosa. Fazendo alusão a um diamante que aparece no filme, o personagem animado foi originalmente concebido para aparecer apenas na sequência de créditos. 

No entanto, o sucesso foi tão grande que o personagem ganhou vida própria em uma série de curtas-metragens animadas para o cinema e em uma série de TV.

Sabes o que Quero (1956)

  • Não disponível nos streamings
The Girl Can’t Help It (1956) / Credito: 20th Century Fox (divulgação)

Esta comédia musical dirigida por Frank Tashlin tem como tema o rock ‘n’ roll e é protagonizada por Tom Ewell e pela estrela Jayne Mansfield. Com um olhar satírico à indústria cultural, o filme tem uma verve metalinguística irresistível, evidenciada desde já nos seus créditos iniciais.

De início, o ator Tom Ewell quebra a quarta parede para anunciar que a história será sobre música. Em um cenário com instrumentos musicais flutuando (em referência ao longa animado “Fantasia”), ele menciona que o filme será em Cinemascope e a cores, embora até então estivesse em preto e branco e com uma razão de aspecto menor.

Quando tenta continuar sua explicação, sua voz é abafada pela música “The Girl Can’t Help It” de Little Richard, e vários casais começam a dançar durante os créditos iniciais.

Faça a Coisa Certa (1989)

  • Disponível para assinantes do Amazon Prime Video, Telecine e Oi Play.
Do the Right Thing (1989) / Credito: Universal Pictures (divulgação)

A obra-prima de Spike Lee, “Faça a Coisa Certa”, é aclamada por sua abordagem urgente, explosiva e precisa sobre as tensões raciais e sociais contemporâneas. 

E o filme começa com impacto desde os seus créditos iniciais. Ao som do clássico “Fight The Power”, do seminal grupo de hip-hop Public Enemy, os créditos apresentam a atriz Rosie Perez dançando de forma poderosa em frente às habitações com arquitetura típica do Brooklyn sob uma luz vermelha alarmante.

Corra que a Polícia Vem Aí! (1988)

  • Disponível para alugar e comprar no Amazon Prime Video e Apple TV.
The Naked Gun: From the Files of Police Squad! (1988) / Credito: Paramount Pictures (divulgação)

A hilária comédia “Corra que a Polícia Vem Aí!” satiriza os clichês dos filmes policiais por meio de humor absurdo e gags visuais elaboradas. E os créditos iniciais do filme não poderiam deixar de incorporar toda essa esculhambação. 

Inicialmente, tudo parece bastante normal: os nomes do elenco surgem sobre uma imagem focada na sirene de um carro de polícia em plena velocidade, realizando uma típica ronda noturna pelas ruas. No entanto, subitamente, a situação se torna surreal, com o veículo percorrendo calçadas e adentrando os lugares mais absurdos possíveis.

Missão Impossível (1996)

  • Disponível para assinantes do Star+, Paramount+, Oldflix e Amazon Prime Video.
Mission: Impossible (1996) / Credito: Paramount Pictures (divulgação)

A bem-sucedida franquia de filmes de espionagem baseada na série de televisão homônima dos anos 1960 e estrelada por Tom Cruise teve início em 1996 pelas mãos de Brian De Palma. 

O enorme sucesso já começou com este filme, que conta com uma das sequências de créditos mais icônicas de todos os tempos. 

Enquanto a famosíssima música tema toca, frames dos principais acontecimentos do filme surgem de forma enigmática e estimulante sob uma montagem rápida, intercalando com imagens de um pavio aceso.

O Desprezo (1963)

  • Não disponível nos streamings
Le Mépris (1963) / Credito: Marceau-Cocinor, Interfilm (divulgação)

Um dos principais filmes da Nouvelle Vague francesa, “O Desprezo”, é uma das várias obras-primas do genial Jean-Luc Godard. Aclamado pela crítica e influente por suas inovações e experimentos, o longa também conta com uma sequência de créditos iniciais totalmente brilhante. 

Nela, no lugar dos tradicionais letreiros que informam os nomes do elenco, equipe técnica e produtores envolvidos, é o próprio Godard que anuncia tudo. Com sua voz inconfundível, ele lê os créditos do filme enquanto na tela não há nenhum caractere informando. Enquanto isso, vemos uma equipe técnica filmando a atriz Giorgia Moll, que está lendo algo enquanto anda.

O Homem do Braço de Ouro (1955)

  • Disponível gratuitamente no NetMovies.
  • Disponível para assinantes do Looke.
The Man with the Golden Arm (1955) / Credito: United Artists (divulgação)

Saul Bass foi um renomado designer gráfico conhecido por seu trabalho inovador nos títulos de filmes. Ele colaborou com alguns dos maiores cineastas de Hollywood, incluindo Alfred Hitchcock, Stanley Kubrick e Otto Preminger.

Mas resolvemos colocar aqui o seu trabalho em “O Homem do Braço de Ouro” de Preminger, cujos créditos iniciais exemplificam de forma marcante o estilo minimalista e modernista de Bass.

Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (1967)

  • Disponível para assinantes do Amazon Prime Video.
You Only Live Twice (1967) / Credito: United Artists (divulgação)

Os créditos iniciais dos filmes da franquia James Bond são muito famosos e não poderia faltar um exemplar aqui na lista.

Geralmente, apresentam uma sequência visual altamente estilizada, frequentemente com imagens abstratas, animações ou silhuetas de mulheres em poses sensuais. Além disso, são acompanhados por uma música tema composta por artistas renomados. 

Em “Só Se Vive Duas Vezes”, é Nancy Sinatra quem interpreta uma das músicas tema mais famosas de 007.