As primeiras versões de cães-robôs do mercado eram um pouco assustadoras. Para começo de conversa aquilo tinha o formato de tudo, menos de um cachorro. Era uma máquina com 4 patas apenas. Além disso, os preços não eram nada convidativos.

Os valores continuam elevados, mas o problema da aparência foi resolvido no novo CyberDog 2, da Xiaomi. O lançamento do produto ocorreu no meio do ano passado, na China, mas ele passou a fazer sucesso mesmo agora – é, inclusive, uma das estrelas da edição deste ano da Mobile World Congress (MWC).

Leia mais

Ele se parece com um doberman e, apesar do caminhar durão de um robô, ele faz movimentos e responde comandos como se fosse um cãozinho de verdade.

publicidade

Veja como o Cyberdog 2 se comportou durante a apresentação na MWC – detalhe: como a feira ocorre em Barcelona, a exibição foi feita toda em Espanhol:

Neste outro vídeo você pode ver a rotina de apresentação do cão-robô no estande da marca chinesa:

Ficha técnica

  • Como informou uma das postagens acima, o Cyberdog 2 tem 19 sensores de alta precisão, incluindo um ultrassônico e um LiDAR.
  • Ele também é equipado com várias câmeras e uma Inteligência Artificial, ou seja, ele pode aprender algumas coisas a partir da experiência.
  • A ideia é que toda essa tecnologia funcione como os sentidos da máquina: visão, audição e tato.
  • O cachorro anda a uma velocidade de até 6 km/h e, como uma máquina, ele pode ser programado para fazer parte de uma casa inteligente (pode acender e apagar as luzes, por exemplo).
  • Outra novidade é que a Xiaomi utiliza tecnologia de fonte aberta no robô, permitindo que os usuários possam “customizar” tanto o hardware como as funções de software do cãozinho.
  • Atualmente, o CyberDog 2 pode ser comprado online por US$ 2.999 – quase o dobro do preço de US$ 1.600 de seu antecessor.
  • Agora, sinceramente, essa mudança de preço vale… Olha como o antigo era mais feinho:
Primeira versão do Cyberdog. Imagem: Divulgação/Xiaomi
  • Além de dançar e obedecer aos comandos do seu dono, o cão-robô da Xiaomi também pode dar um mortal para trás!
  • Sim! É insano! E eu só acreditei vendo no vídeo promocional da marca:

Você trocaria o seu pet por isso?

O próprio vídeo da Xiaomi indaga se os cachorrinhos reais serão substituídos um dia. Olha, essa é uma questão muito pessoal.

É verdade que, apesar de gastar bastante para comprar o robô, você não vai precisar depois se preocupar com ração, dar banho, levar para o veterinário, limpar xixi e cocô, entre outras coisas da rotina normal de um pet.

Agora, com todo respeito aos entusiastas, eu não trocaria nunca! Primeiro que eles não têm metade da fofura de um bichinho de verdade. E, segundo, não dá para comparar a carga sentimental de uma máquina com a de uma vida.

Talvez o futuro seja repleto desses cães-robôs. Se isso acontecer, com certeza seremos um pouco mais frios do que já somos hoje.

As informações são do Tech Crunch.

MWC 2024

A edição de 2024 do Mobile World Congress (MWC), a maior feira de tecnologia móvel do mundo, ocorre entre os dias 26 e 29 de fevereiro. O evento, realizado em Barcelona, na Espanha, recebe as principais fabricantes e operadoras do mundo.

O Olhar Digital acompanha cada novidade lançada no evento. Você pode conferir todas as informações relacionadas ao MWC 2024 aqui neste link.