O aspirador robô é um equipamento de uso doméstico, indicado para realizar a limpeza automatizada da casa e absorver diversos tipos de detritos (como pó, poeira, fiapos e pelos). Dentre as principais formas de funcionamento, é possível controlar os dispositivos manualmente ou à distância, e o item é indicado para quem tem pouco tempo para limpar a casa, mas deseja um ambiente livre de pó. A seguir, confira o que você precisa saber antes de comprar um aspirador robô.

Leia mais:

Verifique a capacidade de armazenamento de detritos

Aspirador robô Robot Wsmart (Imagem: divulgação/WAP)
Divulgação: WAP

Há um reservatório dentro de cada robô aspirador, o qual armazena toda a sujeira encontrada pela casa. Verificar o tamanho deste depósito é importante porque, quanto maior forem as suas dimensões, mais sujeira ele consegue hospedar. Esse é um detalhe crucial, pois alguns modelos com compartimentos pequenos precisam ser esvaziados constantemente ao terminar a limpeza de um cômodo –– o que tira toda a versatilidade que o periférico promete trazer, já que o ideal é que o robô faça o descarte sozinho ou que consiga limpar toda a casa antes de o reservatório ser esvaziado.

Então, para evitar que você compre um produto achando que só precisará esvaziar o compartimento ao final da limpeza, é indicado verificar o volume que o reservatório tem e se este número é compatível com a quantidade de sujeira presente na sua casa inteira.

publicidade

Não direcione o dispositivo para lugares molhados

Apesar do sistema de funcionamento abrigar diferentes tipos de detritos, ele não foi desenvolvido para armazenar água ou quaisquer líquidos. Desta forma, é indicado verificar se os cômodos estão secos antes de soltar o aspirador robô pela casa. Do contrário, o dispositivo pode apresentar erros e pifar.

Escolha um modelo com sensores modernos

Modelos mais antigos não são exatamente menos funcionais, mas podem não abordar algumas características técnicas que fariam toda a diferença, como é a questão de sensores de proximidade e de reconhecimento. Isso porque os periféricos de última geração já contam com lasers que mapeiam toda a casa e seguem um caminho à risca, e com inteligência o bastante para se desviar de escadas, móveis e até animais domésticos.

Observe o design do aparelho com atenção

Smart Robô Aspirador Wi-Fi e Wi-Fi+ são indicados para quem tem pets
Divulgação: Positivo

Embora este não seja um detalhe muito recorrente durante a busca por aparelhos aspiradores, é importante destacar que o design deve ser um requisito essencial antes de escolher um robô aspirador. Isso porque o consumidor precisa analisar o tipo de casa que possui, como verificar se há móveis muito baixos, ou tapetes e carpetes. A partir desta análise, o dispositivo escolhido precisa funcionar de forma eficiente para os cômodos da sua casa, pois nem todos os modelos conseguem driblar tapetes e carpetes ou mesmo entrar embaixo de geladeiras.

É preciso pesquisar muito por um aspirador que, do ponto de vista das dimensões e sistema de funcionamento, possa fazer um bom trabalho na sua casa. Pois modelos grandes demais podem ficar presos em determinados tipos de móveis e causar problemas na hora de higienizar a sua casa.

Analise a potência do motor

A potência do dispositivo pode determinar algumas características inerentes à sua forma de funcionamento, como o tempo que o periférico demora para executar uma tarefa e o quão bem ele é capaz de realizá-la. Por isso, é indicado, também, observar o tamanho da sua casa e a quantidade de sujeiras que o aspirador precisará lidar diariamente.

Caso o ambiente seja pequeno e o nível de sujeira é mínimo e não há a presença de animais que soltem pelos, é possível que um modelo básico de aspirador de pó possa ser útil. Contudo, se a casa for relativamente grande e contém pets, talvez seja melhor escolher um modelo com 30W ou mais de potência.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!