Após investigação, especialistas da Kaspersky – empresa russa fundada em 1997 especializada em cibersegurança – descobriram vulnerabilidades significativas em um modelo popular de brinquedo robô, abrindo caminho para ações maliciosas como chamadas de vídeo não autorizadas, sequestro de contas parentais e até adulteração de firmware.

Leia mais:

O brinquedo robô analisado era uma combinação de smartphone/tablet e alto-falante inteligente, montado sobre rodas para mobilidade. Apesar de ter uma interface amigável e divertida, as falhas de segurança deixariam os usuários vulneráveis a uma invasão de privacidade e segurança.

Os especialistas descobriram que as falhas do brinquedo robô não se limitavam a chamadas de vídeo não autorizadas. A falta de autenticação permitiria o roubo de informações pessoais dos servidores, possibilitando o sequestro completo das contas dos pais e até a manipulação do firmware do robô.

publicidade

Apesar do alerta, a resposta dos desenvolvedores foi rápida, implementando correções para resolver as vulnerabilidades identificadas no brinquedo robô. No entanto, o incidente serve como um lembrete dos riscos apresentados pelos dispositivos inteligentes e a importância de medidas proativas de segurança por parte dos consumidores.

Em uma era de crescente dependência de tecnologia, a conscientização e ação são essenciais para mitigar as ameaças cibernéticas e proteger a privacidade e segurança de crianças e suas famílias.

vpn
Imagem: Rawpixel/Shutterstock

Como se proteger de invasões a câmera e microfone

  • Leia atentamente feedbacks e avaliações dos usuários antes de comprar um aparelho do tipo.
  • Sempre que possível e não estiver utilizando o recurso tampe a câmera.
  • Crie proteções parentais sempre que o aparelho for direcionado para uso infantil.
  • Desligue os aparelhos quando não estiver usando.
  • Leia bem antes de habilitar acesso para câmera e microfone.