A Lectric Ebikes é uma das principais empresas de bicicletas elétricas nos Estados Unidos e alcançou essa fama de um jeito peculiar: ela encontra nichos muito específicos de e-bikes, cria sua própria versão dos modelos já existentes e os coloca à venda por um preço mais barato do que os concorrentes. Foi assim que a marca chegou a ter a bicicleta elétrica mais vendida no país.

Agora, a empresa vai repetir o feito, mas no nicho das e-bikes premium. A ideia é aproveitar componentes de luxo, como fibra de carbono e opções de personalização, sem um preço exorbitante.

Vídeo relacionado

Leia mais:

Bicicleta elétrica premium

Para começar, a bicicleta elétrica premium da Lectric Ebikes, batizada de Lectric ONE, terá correias de transmissão de fibra de carbono e sensores personalizáveis.

publicidade

As caixas de câmbio elétrico serão da fabricante alemã Pinion, que integra modelos que chegam a custar US$ 10 mil. Esse não será o caso, mas a empresa americana vai, sim, aproveitar da caixa de câmbio luxuoso e ainda fazer um upgrade: optaram por uma versão com 6 marchas.

A atualização ainda permite que os condutores registrem suas marcas de desempenho, como cadência ideal, marcha preferida e pontos de mudança, em um display no painel da bicicleta e deixem a pedalada personalizada para seu gosto. Além disso, o material é a prova de intempéries e não requer manutenção.

publicidade

As correias são reforçadas com fibra de carbono, um material forte, mas leve e duradouro, normalmente usado em carros de luxo. A Electrek também menciona que ela é mais durável e não necessita de manutenção, lubrificação ou lavagem.

Outra adição premium são os freios a disco hidráulicos, igualmente isentos de manutenção.

publicidade
Display da bike personalizável (Foto: Lectric eBikes)

Mais especificações da Lectric One

Apesar dos componentes luxuosos, a bicicleta elétrica da Lectric eBikes não perderá potência, bateria ou ficará mais pesada. Veja as especificações:

  • A Lectric One pesará 25 kg e será destinada ao transporte regional;
  • Ainda assim ela terá potência, com um motor de 750 W e velocidade máxima de 45 km/h;
  • Quanto às baterias, há duas opções: uma de 500 Wh e outra de 672 Wh, ambas compatíveis com as opções de carregamento. A primeira tem alcance de 80 km e a segunda, de 120 km;
  • Na parte de tecnologia, o modelo vem com um display LCD colorido (onde o condutor poderá ver informações da sua pedalada), controle de motor, acelerador de polegar, iluminação LED dianteira e traseiro e guia de ajustes na bike;
  • Ainda, vem com um sensor de cadência que se baseia na corrente (ao invés da velocidade, como nos sensores de torque). O CEO da Lectric Ebikes, Levi Conlow, explicou ao Electreck que a marca optou por essa alternativa porque o recurso escolhido tem uma resolução e feedback mais rápido;

Preço da bicicleta elétrica

Um modelo premium naturalmente custa mais caro do que uma bicicleta elétrica comum. Para se ter ideia, no Brasil é possível adquirir um modelo de entrada por menos de R$ 5 mil (o Olhar Digital fez uma reportagem com algumas opções, aqui).

A intenção da Lectric eBikes, no entanto, não é subir o preço. A Lectric One começa em US$ 1.999, equivalente a R$ 10 mil. Por US$ 200 a mais (R$ 100), é possível adquirir a opção com a bateria mais duradoura.

Se para o público brasileiro o valor pode parecer assustador, o mercado americano está mais familiarizado com as bicicletas elétricas. As encomendas já começaram, com envio previsto em maio.