A história da arquitetura de estádios esportivos costuma ser ousada. Ao longo dos anos já vimos estádios em formatos de flecha, tigela, chapéu, caixa de bombom, ovo, entre outros. Mas, o novo projeto de estádio de beisebol do Oakland Athletics, da MLB, promete ser diferente de tudo que foi construído até agora. O design, que foi escolhido em um concurso de arquitetura, terá formato de um tatu-bola.

A obra ainda irá começar, mas a inauguração já tem data: 2028. A arena, que terá um exterior metálico e esférico, comportará até 33 mil pessoas em cinco níveis de arquibancadas, dispostas em uma espécie de meia-lua. O que chama a atenção mesmo é o imenso telão, que ocupa quase toda a parte superior, do campo às arquibancadas. O formato dele é perfeito para o beisebol, que costuma cativar fãs pelo aprofundamento em estatísticas.

Leia mais:

Estádio Beisebol Las Vegas
Imagem: MLB

Estádio receberá luz, mas não diretamente

As conchas da parte externa serão projetadas de forma que o sol do deserto de Nevada não atrapalhe os jogadores e espectadores, mas que a iluminação indireta entre no local. Ele também será cercado pela maior parede de vidro suportado por cabos do mundo. Os cabos usados serão de alta tensão para manter o vidro no lugar.

publicidade
Estádio Beisebol Las Vegas
Imagem: MLB

O estádio de beisebol contará com uma praça exterior, que dará acesso aos acessos laterais. As entradas secundárias serão marcadas por arcos. Também terá grandes pátios internos, que funcionarão como espaços de exposição multiuso.  Tudo, claro, com muito ar condicionado, que partirá debaixo dos assentos.