Já virou figurinha repetida: os carros elétricos estão se popularizando. No entanto, eles não são os únicos e os veículos híbridos não ficaram para trás – a BYD é prova disso. A empresa chinesa teve aumento de 49% nas vendas em abril, sendo o segundo melhor resultado da montadora na história. As vendas dos modelos totalmente elétricos também subiram.

BYD em abril

O grande destaque de abril para a BYD foram os híbridos plug-in. No total, a montadora teve aumento de 49% nas vendas em relação ao ano passado. Foram 312.048 unidades vendidas, incluindo mais de 14 mil unidades de sub-marcas espalhadas pelo mundo. Desse número, mais da metade foram híbridos plug-in, com 177.583 veículos comercializados.

publicidade

Leia mais:

Os carros totalmente elétricos também se mantiveram populares, com aumento de 29% nas vendas, com 134.465 unidades. Apesar do número positivo, o InsideEVs destacou que o resultado não foi tão expressivo como os híbridos.

publicidade

BYD lança carro elétrico baratinho, que poderá vir ao Brasil
BYD Seagull (Imagem: Divulgação/BYD)

Elétricos vs. híbridos

Os elétricos já estão tendo sucesso em encontrar seu lugar no mercado. Ao que parece, a BYD está olhando para os híbridos – especialmente exportá-los.

publicidade

Do número total de vendas, mais de 41 mil (13% do volume total) foi vendido para fora da China. A taxa de crescimento da exportação dessa modalidade atingiu recorde de 177% ano-a-ano.

Em 2023, por exemplo, o aumento nas vendas de elétricos plug-in foi de 62%, com mais de três milhões de unidades. Em 2024, a montadora pretende chegar a nova taxa de crescimento, acima de 20%.

publicidade

byd yuan up
BYD Yuan (Imagem: Divulgação/BYD)

Quais carros BYD impulsionaram o crescimento

  • Entre os carros mais vendidos do mês passado, o BYD Song liderou com folga, com 80.860 unidades vendidas, principalmente na modalidade híbrida plug-in. O crescimento em relação a abril do ano passado é de 126%;
  • O segundo mais popular é o sedã Qin, com aumento de 21% e 51,17 mil unidades saindo das lojas;
  • O terceiro lugar do pódio foi para o compacto Seagull, seguido pelo Yuan, ambos totalmente elétricos;
  • Em quinto, uma opção plug-in voltou a aparecer: o Destroyer 05, que teve aumento expressivo nas vendas e impulsionou o número total da modalidade, com 32,8 mil unidades.