O Google começou o bloqueio de cookies de sites terceiros em janeiro deste ano e pretende implementar a medida para todos os usuários no terceiro semestre. Com a extinção no navegador, os sites terão que se adaptar para atrair a atenção do consumidor e alguns setores serão mais impactados que outros, tendo que incorporar novas ferramentas. Um deles é o agronegócio.

Leia mais:

publicidade

O que são e extinção dos cookies

  • Os cookies são dados armazenados pelos navegadores durante uma visita a determinado site. Esses dados são usados para personalizar a experiência do usuário, como acontece com os anúncios personalizados;
  • Por exemplo, quando você pesquisa um “óculos de sol” e ele passa a recomendar anúncios de “óculos de sol” em outras ocasiões, são os cookies;
  • No entanto, há preocupações de privacidade envolvidas, o que obrigou as empresas a avisar sobre as políticas de cookies logo quando entram em um site;
  • No começo deste ano, o Google começou a bloquear os cookies de terceiros no Chrome. A medida impactou apenas uma pequena parcela de usuários (cerca de 1%), mas chegará gradualmente a outros até o terceiro semestre;
  • Pelo tamanho da mudança, o bloqueio pode causar instabilidades em alguns sites.
chrome
Chrome não terá mais cookies para todos os usuários até o terceiro trimestre deste ano (Imagem: Foxartbox/Shutterstock)

Empresas terão de se adaptar a viver sem cookies

Um dos desafios das empresas será se adaptar para lidar com um ambiente “cookieless”, principalmente no que diz respeito ao marketing digital e à jornada digital dos usuários.

Segundo um estudo da agência de marketing digital Macfor, é necessário listar tendências para 2024 que lidem com a atuação das companhias em meios diversos, como a incorporação de inteligência artificial (IA) e análise de dados.

publicidade

Com a eliminação progressiva dos cookies de terceiros, as organizações estão sendo forçadas a repensarem suas estratégias de coleta e análise de dados para manter resultados gerados a partir do rastreamento de usuários e a personalização de conteúdo

José Fortunato, Co-CEO da Macfor

Um dos grandes impactados nisso é o agronegócio.

Imagem: KarlosWest/Shutterstock

Agronegócio

Para Diogo Luchiari, sócio e Chief Marketing Officer da Macfor, o agronegócio será um dos setores mais impactos pela revolução industrial. Isso porque a área está passando por uma revolução digital, que vai desde a produção até a comercialização.

publicidade

No caso das empresas do agronegócio, Luchiari destaca o foco na segmentação e nas soluções personalizadas, algo que precisará incorporar análise de dados. A Macfor aposta no desenvolvimento dessas ferramentas, incluindo também a IA.

O estudo completo está disponível neste link.