A Tesla estaria em negociações com a Michelin, popular marca de pneus, para usar sua mais recente tecnologia de pneus sem ar em sua primeira linha de veículos elétricos.

Os pneus sem ar já existem há algum tempo, mas ainda não chegaram aos carros em volume significativo. Oferecem a vantagem óbvia de não perder ar, o que é grande benefício em termos de rentabilidade.

publicidade

Leia mais:

Dependendo do projeto, eles também podem ser mais leves e eficientes, mas espera-se que seu maior impacto seja ambiental, ao reduzir significativamente os resíduos de pneus.

publicidade

Michelin está lançando pneus exclusivos para veículos elétricos... mas, por que?. Imagem: KULLAPONG PARCHERAT / Shutterstock.com
Pneus modernos da Michelin poderão estar, em breve, na montadora de Elon Musk (Imagem: KULLAPONG PARCHERAT/Shutterstock)

A gigante francesa de pneus Michelin está entre os fabricantes de compostos que procuram trazer a tecnologia sem ar para automóveis de passeio.

publicidade

Algumas fontes estrangeiras já cravam que a Michelin confirmou que está em negociações com a Tesla para testar seus pneus sem ar.

A empresa já havia testado sua tecnologia no Chevrolet Bolt, modelo totalmente elétrico da General Motors (GM). Ao anunciar os testes em 2019, a fabricante disse que esperava levar a novidade aos veículos de consumo até 2024.

publicidade

Pneu sem ar da Michelin é sustentável

  • Além de melhorar a confiabilidade e o desperdício, a estrutura do pneu sem ar poderia permitir a construção de roscas mais duradouras e, até mesmo, superfícies de pneus substituíveis;
  • A tecnologia para viabilizar a fabricação destes produtos usa borracha regular e fibra de vidro;
  • Junto a isso, são implantados pequenos raios feitos de plástico reforçado com vidro, que são como apoio à banda de rodagem do pneu.

Carros da Tesla estacionados embaixo de letreiro da empresa em fachada
Tesla quer mais modernidade em seus veículos usando pneus sem ar (Imagem: Nadezda Murmakova/Shutterstock)