Carros e Tecnologia

Lamborghini

CES 2020: Lamborghini ganha integração com a Alexa da Amazon

Vinicius Szafran, editado por Matheus Luque 06/01/2020 17h07
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Donos dos esportivos italianos agora podem conversar com seus carros, e eles responderão

As pessoas conversam com seus carros há muito tempo. No entanto, só recentemente as máquinas conseguiram ouvir. É interessante acompanhar, na CES de todos os anos, o que vem a seguir no sistema de reconhecimento de voz veicular. Desta vez, é a Lamborghini trazendo uma nova integração com a Alexa da Amazon, permitindo que os proprietários do Huracan Evo 2020 controlem muitos recursos do carro sem tirar os olhos da estrada ou as mãos do volante.


A parceria da Amazon com a Lamborghini significa que os motoristas poderão pedir para a Alexa controlar muitos recursos do carro, como alterar a temperatura da cabine, sintonizar estações de rádio ou ligar os aquecedores de assento. Obviamente, esses recursos também são acessíveis por meio de um botão, que pode continuar como o meio preferido de interação para a maioria das pessoas.

Reprodução

Embora esse nível de integração de um carro com a Alexa seja novo, talvez o mais importante seja o nível de acesso que a assistente de voz da Amazon fornece aos dispositivos fora do carro. Os proprietários da Lamborghini poderão controlar muitos aspectos de suas casas inteligentes enquanto estiverem fora, incluindo todos os dispositivos que certamente serão revelados esta semana na CES, em Las Vegas, com cobertura do Olhar Digital.

A Lamborghini diz que este é apenas o primeiro passo em uma longa marcha de integrações da Amazon que espera trazer para seus carros. Contudo, essa não é a única fabricante que terá a voz da Alexa em seus carros. A Rivian, fabricante americana de carros elétricos, disse que incluirá o sistema de controle de voz no próximo SUV rival da Tesla

Separadamente, a Amazon disse que sua divisão gigante de computação em nuvem, a Amazon Web Services, estava trabalhando com a BlackBerry, ex-fabricante de celulares que agora está concentrando seus esforços na tecnologia de carros conectados.

Reprodução

A BlackBerry desenvolveu uma tecnologia que pode ajudar os motoristas a prever a saúde da bateria de um carro elétrico e será usada para ajudar a treiná-los sobre como conservar a vida útil da bateria pelo maior tempo possível.

A Amazon também revelou uma ligação com a gigante de energia ExxonMobil, que permitirá que os motoristas de 11.500 postos de gasolina dos EUA digam "Alexa, pague pela gasolina" para comprar combustível.

A gigante da tecnologia tem investido gradualmente em empresas de automóveis e de software, buscando melhorar sua enorme rede de fornecimento e capturar a atenção de motoristas e passageiros. No ano passado, a Amazon disse que encomendaria 100 mil vans de entrega elétrica da Rivian, que estará na estrada até 2024, e investiu na empresa de tecnologia autônoma Aurora, um passo potencial para as vans de entrega sem motorista.

Via: Telegraph

Amazon carro Carros conectados carros e tecnologia alexa Rivian carros lamborghini ces 2020
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você