Com autonomia recorde, Lucid Air utiliza bateria de apenas 113 kWh

Primeiro carro elétrico da Lucid Motors roda mais de 7 quilômetros por quilowatt-hora; bateria do veículo chama atenção pela eficiência

Davi Medeiros, editado por Fabiana Rolfini 26/08/2020 15h53
Lucid Air - Lucid Motors
A A A

A montadora norte-americana Lucid Motors revelou que seu primeiro carro elétrico, o Lucid Air, funciona com bateria de 113 quilowatts-hora (kWh). O valor é menor do que o esperado, considerando que uma única carga é suficiente para que o veículo percorra 813 km. 


A nível de comparação, uma lavadora de roupas consome em média 1 kWh a cada vez que é utilizada. Com a mesma quantidade de energia, o Lucid Air roda aproximadamente 7,3 km - pouco mais que o concorrente Tesla Model S, que não passa de 6,5 km.

Isso coloca a Lucid Motors à frente em questão de eficiência. Afinal, para conseguir viajar de Brasília a Belo Horizonte (729 km) com uma bateria de apenas 113 kWh, é preciso que a quantidade de energia desperdiçada seja muito pequena. 

Lucid-air-platform.jpg

Plataforma do Lucid Air, carro elétrico com autonomia recorde. Imagem: Divulgação/Lucid Motors

Eficiência da bateria

De acordo com Peter Rawlinson, CEO da montadora, o alto nível de eficiência foi possível graças aos esforços para miniaturizar o sistema de propulsão, que vai funcionar a 900 volts, a maior tensão entre os elétricos no mercado.

Ele destaca também que a bateria foi instalada de modo a ocupar o menor espaço possível dentro do veículo, combinando potência e design. 

"Isso estende a filosofia de hipereficiência incorporada a cada detalhe do Lucid Air, da eficiência energética à eficiência espacial, oferecendo uma combinação sem precedentes de alcance, praticidade, desempenho e conforto”, afirmou. 

Rawlinson explicou que, originalmente, o plano era instalar uma bateria de 130 kWh no carro elétrico, mas que, graças a uma "abordagem revolucionária e inovadora" focada em eficiência, o veículo conseguiu atingir a autonomia recorde com uma bateria menor.

“É relativamente fácil alcançar maior autonomia adicionando progressivamente mais baterias, mas isso aumentaria o peso e o custo do veículo, além de reduzir o espaço interior", disse. "A Lucid Air obteve um alcance notável ao mesmo tempo em que reduziu o tamanho da bateria, resultando num avanço da eficiência geral do veículo". 

O Lucid Air deve ser apresentado oficialmente em 9 de setembro, quando será anunciada sua ficha técnica, bem como o preço.

Via: Electrek

Bateria Carro elétrico carro carros e tecnologia lucid motors
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você