EUA terão o primeiro hub para táxis voadores em 2025

Iniciativa deverá custar US$ 25 milhões e tem o objetivo de desafogar congestionamento de rodovias de Orlando; Câmara Municipal já aprovou incentivos fiscais para o empreendimento

Leticia Riente, editado por Fabiana Rolfini 12/11/2020 11h00
EUA terá o primeiro hub para táxis voadores em 2025
A A A

Os Estados Unidos poderão ter o primeiro “ponto para táxis voadores” do mundo. Em parceria com a empresa alemã de veículos voadores, a Lilium, a cidade da Flórida, em Orlando, poderá receber a novidade em 2025. O anúncio do empreendimento foi realizado na quarta-feira (11) e espera-se que o Vertiport, como foi chamado, ajude os residentes a fugirem dos notórios congestionamentos de rodovias.


O local será uma espécie de aeroporto. Nele, os carros voadores de cinco lugares poderão decolar verticalmente a partir do hub baseado no solo. O Vertiport será instalado na comunidade planejada Lake Nona, que fica próxima ao Aeroporto Internacional de Orlando.

Apesar de as aeronaves da Lilium ainda estarem em fase de desenvolvimento, já se sabe que elas exigirão a aprovação da Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês), sendo elas supervisionadas pela própria agência. “A FAA é a autoridade reguladora sobre todas as atividades de voo nos Estados Unidos, incluindo aeronaves de mobilidade aérea urbana”, afirmou a FAA em comunicado. “A agência está nos estágios preliminares de trabalho com esses candidatos e continuará a se envolver com eles enquanto trabalham para atender aos padrões de certificação”, acrescentou.

Investimento

Para a construção do centro de transporte, estima-se que deverão ser investidos pelo menos US$ 25 milhões. Embora a iniciativa tenha subsídios da principal incorporadora imobiliária da área, a Tavistock Development Company, sediada nas Bahamas, a Câmara Municipal aprovou na segunda-feira mais de US$ 800 mil em potenciais reduções de impostos para Lilium.

O comissário da Câmara Municipal, Jim Gray, salientou que os incentivos fiscais são justificados e que o empreendimento deverá criar 140 empregos, que inclusive pagarão cerca de US$ 65 mil ao ano, valor maio que a média comum. “Precisamos de empregos com melhores salários. Portanto, acho que nosso investimento, preparará a bomba para ajudar neste trabalho com algumas reduções de impostos, é absolutamente a coisa certa a fazer”, destacou Gray.

Reprodução

Táxis voadores da Lilium terão cinco lugares e deverão desafogar o trânsito em Orlando. Créditos: Lilium/Divulgação

Já Buddy Dyer, prefeito de longa data da cidade, ressaltou que “para que esta nova tecnologia realmente remodele o ecossistema de transporte e beneficie os residentes de Orlando a longo prazo, será necessária uma verdadeira parceria entre cidades, desenvolvedores e operadoras de transporte”, falou. “Temos nos concentrado em encontrar os parceiros certos para ser um líder global no espaço de mobilidade aérea avançada”, falou o chefe do Executivo.

A novidade gerou comparações com o desenho animado da década de 60, “Os Jetsons”, no qual o pai, George Jetson, viajava pelos céus em um carro voador.

Via: The New York Times

carros e tecnologia estados unidos Flórida carros voadores táxi voador
Assinar newsletter
Assine nossas newsletters e receba conteúdos em primeira mão
enviando dados - aguarde...
Parabéns! Sua assinatura foi recebida com sucesso!
Atenção: Em instantes você receberá um email de confirmação da assinatura. Para efetivá-la, clique no link de confirmação que você receberá. Verifique também sua caixa de SPAM, pois por se tratar de um email automático, seu servidor de emails poderá identificar incorretamente a mensagem como não solicitada.
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!.

Recomendados pra você