Elon Musk se torna o quarto homem mais rico do mundo

CEO da Tesla e da Space X ultrapassou Bernard Arnault, da LVMH, ao atingir fortuna de US$ 84,8 bilhões; Jeff Bezos se mantém, com folga, na primeira colocação da lista de bilionários

Guilherme Preta, editado por Fabiana Rolfini 18/08/2020 11h28
Elon Musk
A A A

Com a Tesla e a SpaceX vivendo seus melhores momentos, Elon Musk vai arrecadando cada vez mais dinheiro, somando uma fortuna de atuais US$ 84,8 bilhões (cerca de R$ 460 bilhões). Com isso, o empresário se tornou a quarta pessoa mais rica do mundo, segundo a Bloomberg Billionaires Index.


Na última segunda-feira (17), as ações da Tesla dispararam, fechando o dia em US$ 1.650, o que fez com que os ganhos de Musk aumentassem em US$ 7,8 bilhões. Em 2020, ele já ganhou mais de US$ 87 bilhões, valor que ainda deve aumentar, segundo a Bloomberg. Isso porque, com base em negociações de pré-mercado, as ações da montadora devem abrir a US$ 1.835 nesta terça-feira (18). Além disso, a SpaceX está perto de finalizar novos financiamentos que devem aumentar sua avaliação em US$ 10 bilhões.

Segundo a lista, Jeff Bezos se mantém, com folga, na primeira colocação do ranking de bilionários, com incríveis US$ 188 bilhões. O segundo lugar ainda é de Bill Gates, que possui fortuna avaliada em US$ 121 bilhões. Mark Zuckerberg (US$ 99 bilhões), Elon Musk e Bernard Arnault, da LVMH, (US$ 84,6 bilhões) completam o top-5 da lista.

Reprodução

Jeff Bezos, da Amazon, continua sendo a pessoa mais rica do mundo. Foto: Wikimedia Commons

A lista também conta a presença do brasileiro Eduardo Saverin, um dos fundadores do Facebook, na posição 121, com US$ 14,1 bilhões. No início do mês, a publicação afirmou que, em virtude da alta do valor de mercado da Apple, seu CEO, Tim Cook, se tornou o mais novo bilionário do mundo.

SpaceX bate recorde mundial 

Elon Musk revelou em seu Twitter que a SpaceX quebrou um recorde mundial durante os testes do motor Raptor. O empresário divulgou uma foto do componente e um gráfico que mostra que o equipamento atingiu 330 bar de pressão na câmara de combustão principal e permaneceu intacto. A marca anterior era de um foguete de classe orbital da União Soviética que, em 1980, atingiu entre 290 e 300 bar com o motor RD-701.

A nova marca foi atingida 18 meses depois de Musk revelar que o motor havia batido outro recorde soviético, dessa vez do RD-270. Na época, o Raptor manteve uma pressão de câmara sustentada de 257 bar, um pouco maior que os 255 bar registrados pelo rival. Pouco depois, ao atingir um pico de pressão de operação de 268 bar, o equipamento novamente superou um modelo soviético, o RD-180, que possuía a marca de 257 bar.

Via: Mashable

Bill Gates Tim Cook Tesla spaceX elon musk Jeff Bezos Mark Zuckerberg
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você