SpaceX se aproxima de mais uma tentativa de lançamento de Starlinks

Esta vai ser a terceira vez que a empresa tenta enviar os satélites que vão fornecer internet para o mundo todo; lançamento está programado para acontecer entre esta sexta (31) e sábado (1º)

Guilherme Preta, editado por Fabiana Rolfini 30/07/2020 09h28
Starlink
A A A

A SpaceX está prestar a tentar, pela terceira vez, o décimo lançamento dos satélites Starlinks, que vão fornecer internet para o mundo todo. A Starlink-9 teve sua primeira janela de lançamento entre os dias 23 e 26 de junho. A segunda tentativa foi em 8 de julho. Agora, quase seis semanas depois, a empresa tentará mais uma vez. A janela de 24 horas começa nesta sexta-feira (31) e vai até às 4h21 do sábado (1º), no horário de Brasília.


O foguete utilizado será o Falcon-9, e, se der certo, será a quinta vez que o equipamento será usado, se tornando o terceiro da SpaceX a atingir esse número. Além de 57 unidades do Starlink, já com o quebra-sol móvel para reduzir o brilho dos satélites em órbita, serão levados dois caronas de observação terrestre da operadora BlackSky.

Segundo executivos da empresa, para que o sistema possa ser lançado, inicialmente em regiões dos Estados Unidos e do Canadá, são necessários 14 lançamentos, representando mais ou menos 840 satélites. Atualmente, alguns testes betas estão acontecendo com funcionários da SpaceX, e os primeiros testes públicos podem começar já em agosto.

ReproduçãoIlustração da constelação Starlink ao redor da Terra. Fonte: SpaceX

O lançamento está programado para acontecer a partir da base espacial de Cabo Canaveral, na Flórida, mesmo lugar de onde, nesta quinta-feira (30), o rover Perseverance, da Nasa, partiu rumo a Marte. Isso dá menos de 48 horas entre a partida dos dois foguetes.

Detalhes dos trajes espaciais da SpaceX

A SpaceX divulgou nesta semana um raro vídeo detalhando um de seus processos internos: o desenvolvimento dos trajes espaciais usados em suas missões tripuladas, como a Demo-2, atualmente em órbita, e a Crew-1, que deve decolar em setembro.

Tecnicamente eles são “trajes de pressão” (Pressure Suits), criados para proteger os astronautas de uma despressurização da cápsula Crew Dragon durante o lançamento e retorno à Terra, e não devem ser confundidos com os verdadeiros “trajes espaciais” (EVA Suits) projetados para uso no vácuo do espaço, durante atividades fora da estação espacial.

Via: Teslarati

Internet Satélites espaço spaceX starlink Starlink órbita Ciência&Espaço satélite
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você