Estrela

Telescópio registra momento em que estrela 'vampira' devora outro astro

Matheus Luque 28/01/2020 09h52
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Evento é considerado extremamente raro pelos astrônomos

Um grupo de astrônomos da Universidade Nacional da Austrália encontrou uma estrela "vampira" se "alimentando" de um astro vizinho a ela. A descoberta faz parte de um novo programa de pesquisas que usa dados do telescópio Kepler para encontrar fenômenos misteriosos no espaço.


O registro foi detalhado em um artigo publicado no Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. Fenômenos do tipo acontecem quando uma anã branca e outra estrela orbitam muito próximas uma da outra, o que leva a densidade da anã branca a fornecer um campo gravitacional suficiente para "devorar" o material da outra estrela em questão.

Nesse caso específico, a anã branca não está "se alimentando" de outra estrela, e sim de um astro intermediário conhecido como anã marrom, que tem o tamanho aproximado de um planeta. Esse astro castanho é menos massivo que o branco e é considerado uma "estrela fracassada", pois não tem tamanho suficiente para gerar fusão de hidrogênio em seu núcleo.

Reprodução

Telescópio Kepler - Foto: Mega Curioso

Um dos pesquisadores, Ryan Ridden-Harper, afirmou: "O raro evento que encontramos foi uma super explosão da nova anã, que pode ser vista como um sistema estelar de 'vampiros'". Os dados do telescópio Kepler mostram que em um período de 30 dias, o fenômeno se tornou 1600 vezes mais brilhante do que antes, escurecendo rapidamente após isso.

"O aumento no brilho foi causado pelo material retirado da anã marrom, que está sendo enrolada em torno da anã branca em um disco. Esse disco atingiu 11.700 graus Celsius no pico da super explosão", explicou Ridden-Harper, que garantiu que nunca havia observado algo do tipo até então.

"A descoberta desta nova anã foi inesperada, pois não era o que estávamos procurando, mas forneceu excelentes dados e novas ideias sobre esses sistemas estelares 'vampiros'", ressaltou o pesquisador.

Agora, a equipe de astrônomos quer continuar estudando os dados enviados pelo telescópio Kepler em busca de mais informações sobre esse e outros fenômenos raros do universo.


Via: Galileu

 

espaço planeta Estrelas universo astrônomos Ciência&Espaço estrela anã branca
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você