Vídeo mostra como astronautas na ISS enxergaram o cometa Neowise

Artista gráfico reuniu mais de 500 fotos para criar vídeo de sete minutos

Nina Gattis, editado por Daniel Junqueira 14/07/2020 18h30
Cometa NEOWISE
A A A

No dia 5 de julho, os astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), observaram o brilhante cometa Neowise, que chegou a ofuscar outros corpos celestes semelhantes com sua cauda de luz intensa.


"Logo antes da alvorada, o cometa se tornou visível durante aquele curto período de tempo em que ainda estava perto do Sol, mas o Sol ainda estava oculto para a Terra. [...] Foi uma cena incrível de ser vista", contou Bob Behnken, astronauta da Nasa enviado recentemente à ISS, ao podcast "The Daily" do jornal The New York Times.

Neowise visto na Califórnia. Imagem: Wikipédia

O fenômeno foi registrado em centenas de fotos tiradas a partir da ISS, todas disponibilizadas para download nos arquivos oficias da Nasa. Com esse conteúdo em mãos, o artista gráfico Seán Doran criou um vídeo em 4K que mostra Neowise surgindo no horizonte e sendo ofuscado pela luz do Sol.

Para o vídeo, foram utilizadas 550 fotos de longa exposição, o que, no geral, resultaria em um conteúdo de apenas 18 segundos. No entanto, Doran intercalou as imagens e suavizou as transições para criar uma reprodução contínua de sete minutos.

Na última quinta-feira (9), o artista publicou seu trabalho no Twitter e deu algumas sugestões aos espectadores. "Pegue uma bebida gelada, desligue as luzes, tire a roupa, fique confortável e coloque para passar na sua televisão grande. Consuma enquanto bebe", escreveu Doran.

A sensação, para quem assiste, é a de estar junto com os astronautas na ISS, presenciando a passagem do cometa Neowise a cerca de 402 quilômetros acima da Terra, em uma velocidade de 28 mil quilômetros por hora.

Neowise no Brasil

O cometa já fez diversas aparições no hemisfério norte, mas, por aqui, ainda precisaremos esperar alguns dias. Ele começará a ser visto no início da noite, na direção noroeste a partir de 20 de julho. Entretanto, inicialmente para os estados mais ao norte do país, como Roraima e Amapá. Após o dia 20, ele aparecerá mais alto no horizonte e poderá ser visto em localidades mais ao sul. A partir do dia 24, por exemplo, poderá ser observado por moradores do estado de São Paulo, e já no dia 26, estará visível para todo o Brasil.

Via: Uol

Nasa ISS Estação Espacial Internacional astronautas cometa Ciência&Espaço
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você