Cinema e Streaming

Disney

Disney+ é lançado nos EUA; saiba tudo sobre o serviço

Sofia Aureli, editado por Matheus Luque 12/11/2019 10h58
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Confira os principais títulos do catálogo, data de lançamento no Brasil (e onde assistir os filmes da Disney enquanto o serviço não chega), preço e o que é oferecido pelo novo serviço de streaming

Como esperado, esta terça-feira (12) marca a data em que mais um serviço de streaming entra na batalha contra Netflix, Amazon Prime Vídeo, HBO MAX, Apple TV +. É o Disney+, que vai ao ar hoje com um catálogo intenso de 600 títulos, produções exclusivas, novas séries de produções queridas como "Star Wars" (The Mandalorian) e "Loki", além de adaptações live-action como "A Dama e o Vagabundo".


Desde o início do ano, quando foi anunciada a data de lançamento e alguns detalhes da plataforma, inúmeras novidades foram divulgadas sobre o serviço. Apesar de não desembarcar do Brasil antes de novembro do ano que vem, relembre tudo o que foi comentado sobre o Disney+ nos últimos meses:

O que tem no Disney+?

Entre os 600 títulos do catálogo, a plataforma promete estar recheada de séries clássicas e novas produções da Disney, Marvel Studio, Lucasfilm, Pixar, National Geographic.

Entre as grandes apostas está a série derivada de Star Wars, The Mandalorian e remakes como o live-action de "A Dama e o Vagabundo" e o clássico dos anos 90, "Esqueceram de Mim". Além dos nomes antigos da marca como "Mary Poppins" (1964) e "Abracadabra" (1993), será possível assistir às 30 temporadas de Os Simpsons e ver uma continuação de "High School Musical" (2006).

Ainda, a companhia anunciou que seis novos curtas da Pixar farão parte do serviço. São eles: "Purl", "Smash and Grab", "Kitbull", "Loop", "Wind" e "Float". Desses, três foram lançados no início do ano para divulgar a plataforma, como o "Purl", que já está disponível online.

Outro personagem que vai ganhar uma série própria é o Garfinho, do filme "Toy Story 4". A produção terá 10 episódios curtos e vai se chamar "Pixel Forky Asks a Question" (algo como "Garfinho Pergunta").

Além disso, no Universo da Marvel, o presidente da Marvel Studios afirmou que as produções do serviço serão "entrelaçadas com o universo cinematográfico atual, com o passado e com o futuro das produções". Entre os nomes esperados para os títulos deste universo está a série "Loki" (Tom Hiddleston) como uma das primeiras séries originais da plataforma e, no dia 11 de dezembro, a chegada de Vingadores: Ultimato.

O catálogo intenso do serviço foi resumido em um trailer de 3 horas, com aproximadamente 15 segundos para cada uma das obras. Além disso, a própria empresa anunciou que vai pagar US$ 1 mil para quem assistir 30 filmes em um mês.

Quando chega ao Brasil e em outros países?

A previsão de desembarque do Disney+ no Brasil e em outros países da América Latina está prevista para daqui a um ano, em novembro de 2020. O serviço chega na Austrália e Nova Zelândia dia 19 de novembro e, em parte da Europa dia 31 de março do ano que vem.

Por enquanto, não é possível ver as séries originais Disney+ por aqui, uma vez que a companhia não fechou acordos de licenciamento para estas produções. Porém, alguns títulos da Disney serão disponibilizados aqui via Amazon Prime Video, até setembro de 2020 pelo preço de R$ 9,90 por mês. Nele, é possível assistir "Capitã Marvel", "O Rei Leão", "Toy Story 4", "Grey's Anatomy", "How I Met Your Mother", "The Walking Dead", entre outras obras.

Onde está sendo lançado?

O serviço de streaming vai ao ar hoje nos Estados Unidos, Canadá e na Holanda - país escolhido como teste para a plataforma, que estava disponível gratuitamente desde 12 de setembro na Google Play Store Holandesa.

Onde posso assistir?

Por enquanto, o Disney+ pode ser transmitido em dispositivos do Android até iOS, da TV ao videogame e até mesmo em outras plataformas, como no serviço da concorrente, Amazon Fire TV. A lista completa dos aparelhos que suportarão o serviço está aqui.

Apesar de ainda não ter falado diretamente sobre o Brasil, a Disney disse que pretende expandir sua plataforma de streaming na maioria dos principais mercados globais dentro de dois anos.

O que o serviço oferece?

Além do catálogo recheado e a integração em diferentes dispositivos, o Disney+ permite até sete perfis por conta que poderão assistir em até quatro telas ao mesmo tempo. Em questão de imagem e som, ele terá qualidade 4K, suporte High Dynamic Range (HDR) e Dolby Atmos. Mesmo produções antigas, como "Star Wars", terão um grande lançamento em 4K.

Clique aqui para entender mais.

Quanto custa?

No Brasil, ainda não há conhecimento sobre o preço da assinatura. Porém, nos Estados Unidos, o serviço custará US$ 6,99 (R$ 30).

Outra oferta válida para os americanos é a possibilidade de uma assinatura por preços mais acessíveis por tempo limitado, ao assinar um pacote com a operadora Verizon, que oferece um ano gratuito para o uso do streaming.

O Disney+ também inclui parceiras com o Hulu e o ESPN+, fazendo um desconto de US$ 5 (R$ 20) para quem assinar duas ou as três opções. No entanto, ainda não sabemos se alguma promoção ou plano parecido será feito no Brasil.


Filmes Streaming Cinema star wars Disney séries marvel disney+ Filmes&Series pixar
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você