Amazon revela que 19 mil funcionários contraíram Covid-19

Apesar do número alto, empresa defende que incidência está abaixo da média da população em geral

Renato Santino 01/10/2020 20h05
Assistente de Distância da Amazon
A A A

Desde o início da pandemia de Covid-19, a Amazon tem sido profundamente criticada por funcionários por não oferecer proteção adequada contra a doença para que continuassem trabalhando em seus depósitos. Agora, a empresa anunciou os resultados de seis meses de testes entre seus trabalhadores para defender seu protocolo, anunciando que 19.816 deles foram infectados pelo coronavírus.


A empresa tenta apresentar essa estatística como positiva, indicando que a incidência de Covid-19 entre seus mais de 1,3 milhão de funcionários é mais baixa do que na população em geral. Proporcionalmente, a Amazon acredita que se a incidência do vírus entre seus funcionários fosse a mesma vista nos Estados Unidos, eles teriam 33.952 casos.

A companhia também aponta que, em resposta à pandemia, a empresa montou um esquema de ampla testagem, redirecionando suas forças de trabalho e contratando equipe laboratorial para realizar milhares de testes por dia, com esse número ainda em expansão. A previsão é que até novembro, a empresa realize 50 mil testes diários entre sua equipe entre suas 650 bases.

A Amazon também defende que, ao adotar essas medidas rigorosas para testes, a empresa conseguiu identificar pessoas assintomáticas, que em uma situação normal não buscariam ajuda médica e continuariam a vida normalmente, potencialmente propagando o vírus para outras pessoas de suas comunidades que talvez não tivessem a mesma sorte de experimentar apenas um caso leve de Covid-19.

Um detalhe que a Amazon ressalta é que a empresa também tem implementado medidas de isolamento e quarentena remunerados de outras pessoas que não tenham sido diagnosticadas com Covid-19, mas que estiveram em contato próximo com alguém que recebeu um teste positivo para o coronavírus. O comunicado aponta que esse rastreamento de contatos é feito por meio de vídeos e que, graças à tecnologia, o número de pessoas que precisa se isolar por cada diagnóstico positivo caiu: antes entre 3 e 4 pessoas eram isoladas por caso confirmado, mas agora a média está abaixo de um funcionário isolado por caso.

Apesar da perspectiva positiva apresentada pela Amazon, funcionários reclamam desde o início do ano pelo oposto. A companhia já foi acusada de ocultar casos de Covid-19 em seus depósitos para impedir a interrupção do trabalho. Não à toa, grupos pressionavam a empresa a abrir os dados de forma transparente, como foi feito agora.

O comunicado também omite uma informação importante: quantos funcionários da Amazon morreram de Covid-19? São conhecidos pelo menos 8 casos letais entre trabalhadores da companhia, mas não há menção deles no texto. Seria importante saber esse detalhe e como a empresa tem apoiado as famílias das vítimas.


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



Amazon coronavirus covid19
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você