Empresa americana anuncia venda de testes domésticos para coronavírus

Restrita aos Estados Unidos, compra do kit requer atestado médico

Victor Pinheiro, editado por Fabiana Rolfini 19/03/2020 14h29
Argentina e China desenvolvem novos testes para coronavírus
A A A

A Everlywell anunciou a venda de kits de testes domésticos para detecção da Covid-19, a partir de segunda-feira (23), nos Estados Unidos. A empresa já oferece soluções de testes que variam de sensibilidade a alimentos específicos, até problemas hormonais na tireóide. O produto para detectar o novo coronavírus, no entanto, será o primeiro exame do tipo a ser comercializado no país.


A novidade chega ao mercado em um momento em que as autoridades americanas são pressionadas a aumentar a testagem de pacientes com casos suspeitos da doença. Segundo o site da empresa, o primeiro lote contará com 30 mil unidades, vendidas ao preço de custo equivalente a US$ 135 (R$ 694 em conversão direta).

A compra, porém, será limitada a um exemplar por endereço e ainda deve obedecer a uma série de condições. Os kits serão vendidos apenas mediante a apresentação de atestado médico que recomende o teste ao paciente. Antes de realizar o pedido, o consumidor terá que preencher um formulário com informações básicas de saúde relacionada ao coronavírus, incluindo sintomas e fatores de risco.

Reprodução

A partir desses dados, médicos remotos de uma organização chamada PWNHealth vão analisar se cada caso corresponde aos critérios estabelecidos pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). A organização define que pacientes devem ser testados se tiveram contato próximo com outros  já conformados com a Covid-19; se residem em uma comunidade com índices alarmantes de disseminação da doença; ou desenvolvem sintomas típicos da infecção por coronavírus.

Uma vez confirmada a prescrição do teste, ao receber o pagamento, a EverlyWell vai enviar a mercadoria para a casa do consumidor em até dois dias. O kit apresenta um cotonete esterilizado para coletar amostras da região nasal e da garganta do paciente juntamente a instruções de como armazenar o material recolhido e enviar de volta para a empresa.

A amostra então é despachada para análise por meio de entregas pré contratadas para laboratórios certificados por autoridades americanas. A própria Everlywell informa o resultado por e-mail em até 72 horas. No caso da confirmação de Covid-19, a empresa reporta a ocorrência para as autoridades e ainda providencia aos pacientes consultas remotas com médicos sem custos adicionais. 

De acordo com The Time, entretanto, o modelo de negócio do produto está em risco devido falta dos cotonetes esterilizados no mercado. A publicação aponta que a principal fábrica do material está na Itália, que enfrenta um período de quarentena total na tentativa de conter a disseminação do novo coronavírus. Até esta quinta-feira (19), o país já confirmou mais de 35 mil infectados e quase 3 mil mortos pela doença.

Fonte: The Time


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:



estados unidos coronavirus covid19
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você